Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility Ir para conteúdo
Município da Lourinhã desenvolve ações de proximidade junto da comunidade
Covid 19

Município da Lourinhã desenvolve ações de proximidade junto da comunidade

05 fevereiro, 2021

Durante o mês de janeiro, a autarquia desenvolveu um conjunto de ações de proximidade junto da comunidade, no âmbito da segurança rodoviária e da pandemia por COVID-19, estas últimas com vista à mitigação da mesma, através da disponibilização de meios logísticos, mas também da conjugação de esforços no planeamento da estratégia de combate a esta doença.

Destas ações, destacamos o acompanhamento de vistorias e o acompanhamento de vistorias de surto, de acordo com o protocolo de atuação de acompanhamento das Estruturas Residenciais COVID-19, definido entre os parceiros de Autoridade de Saúde Pública, Proteção Civil e Segurança Social. Estas ações decorreram no Lar Vila Loba, na Casa de Repouso de Santa Bárbara, na Santa Casa da Misericórdia da Lourinhã e no Centro Social e Paroquial Moita dos Ferreiros.
A Brigada de Desinfeção da autarquia teve igualmente de atuar na descontaminação dos quartos de pessoas infetadas com COVID-19, alas comuns e zonas de circulação na Casa de Acolhimento da Areia Branca (Casa Pia), na Casa de Repouso de Santa Bárbara, no Centro Social e Paroquial Moita dos Ferreiros e no Lar Vila Loba. Nestes estabelecimentos, foram ainda reforçados os depósitos e medidas para recolha de resíduos biológicos, resultantes dos locais contaminados.
As instituições do concelho com surtos ativos, receberam Equipamentos de Proteção Individual com o objetivo de reforçarem os seus stocks, tendo para isso sido entregues 245 unidades de fatos completos, 300 unidades de máscaras cirúrgicas, 584 unidades de máscaras FFP2, 170 unidades de cobre botas, 1200 unidades de luvas, 300 unidades de toucas, 21 unidades de viseiras, 50 unidades de batas e 5 litros de desinfetante álcool.
As Forças Armadas Portuguesas, em articulação com o Comando Distrital de Operações de Socorro de Lisboa procedeu à descontaminação do Lar de Nossa Senhora da Piedade, na Cabeça Gorda pelas, após encerramento do surto pela autoridade de saúde, processo que foi acionado pela autarquia.

Por falta de recursos próprios para transporte, de doentes e suspeitos COVID-19, foi também prestado apoio no desencadeamento dessa operação, desenvolvida pelos Bombeiros Voluntários da Lourinhã, por forma a que estes cidadãos tivessem acesso às Unidades de Saúde ou Diagnóstico, tendo igualmente sido acionado o alojamento temporário de emergência, Casa do Oeste, para albergar, em momentos distintos, dois cidadãos com resultado positivo para COVID-19.
Providenciou-se ainda cabazes de alimentação, em pareceria com algumas Juntas de Freguesias, a famílias ou munícipes com dificuldades financeiras, bem como tem sido feita a distribuição de alimentos e refeições aos alunos das escolas encerradas, pertencentes ao 1º e ao 2º escalão e a alunos em escolas de acolhimento, num total de 115 crianças e jovens.

Após despacho governamental, procedeu-se à interdição de todos os acessos aos passeios marítimos, estacionamentos e zonas de acessos às praias vigiadas e não vigiadas, em estreita articulação com as Juntas de Freguesia, a fim de evitar aglomerações. Também por despacho, desta feita, municipal, interditou-se e balizou-se equipamentos públicos, sob gestão do município, como parques infantis, equipamentos de lazer e desportivos, skateparks, polidesportivos e bancos de jardim.

Naquilo que toca à sensibilização da população para as medidas de mitigação da pandemia, a autarquia tem elaborado vários comunicados e prestado esclarecimentos a particulares e a empresários, em articulação com posto territorial da GNR da Lourinhã. Esta comunicação tem sido igualmente estabelecida com estabelecimentos comerciais do setor alimentício, com o apoio do veterinário de municipal. Estão ainda a ser desenvolvidas novas mensagens áudio, para difusão pelos diversos lugares e aldeias do concelho, através de veículos municipais.

Para o ato eleitoral para a Presidência da República, a autarquia implementou medidas de prevenção e segurança, quer para os membros das mesas de voto quer para os eleitores, que passaram pela definição de circuitos, disponibilização de Equipamentos de Proteção Individual, alocação de recursos humanos para controlo de acessos e disponibilização de pontos de desinfeção, com reforço desses meios.

No que toca a parcerias, em colaboração com a Autoridade de Saúde Local, foram disponibilizados três funcionários da autarquia para prestar apoio no Gabinete de Apoio à COVID-19, do Centro de Saúde da Lourinhã, tendo ainda o município integrado o Grupo de Trabalho - Proposta de instalação de um Posto de Triagem avançado/ hospital de campanha, que terá por objetivo evitar constrangimentos no Banco de Urgências do Hospital de Torres Vedras. Este grupo de trabalho foi criado na decorrência de uma reunião realizada com os autarcas dos municípios de Lourinhã, Cadaval, Torres Vedras e Mafra, em conjunto com as Instituições Particulares de Solidariedade Social, Segurança Social e Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo.
Sobre outros trabalhos relacionados com a prevenção rodoviária, a autarquia desenvolveu contatos com as Infraestruturas de Portugal, para limpeza das estradas nacionais do concelho, procedeu à limpeza da via EN 247 Casal Novo e EN 8-2 Casal Lourim, juntamente com os Bombeiros Voluntários da Lourinhã e interveio num abatimento de via, na Rua da Portela, na Lourinhã.

Tendo caído uma fachada e o telhado de uma habitação na localidade de Atalaia, foi igualmente realizada a limpeza dos destroços.

Todas estas ocorrências foram resultado das condições meteorológicas adversas registadas nos últimos dias.