Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility Ir para conteúdo
Conclusão das obras de requalificação da Rua Eng.º Adelino Amaro da Costa assinaladas em cerimónia pública
Obras e Urbanismo

Conclusão das obras de requalificação da Rua Eng.º Adelino Amaro da Costa assinaladas em cerimónia pública

07 março, 2022

 

O município da Lourinhã assinalou, na manhã do dia de hoje, a conclusão das obras de requalificação da Rua Eng.º Adelino Amaro da Costa, que configuraram uma Operação de Reabilitação Urbana (ORU), inserida no Plano de Ação de Regeneração Urbana (PARU), com vista ao desenvolvimento do Centro Urbano da Vila da Lourinhã.

No local, estiveram presentes o presidente do município da Lourinhã, João Duarte Carvalho, o presidente da Assembleia Municipal da Lourinhã, Brian Silva, os vereadores do município, os presidentes de Junta de Freguesia, Pedro Margarido, Mauro Antunes, Rui Perdigão e Edgar Santos, o presidente da Comissão Vitivinícola da Região de Lisboa, Francisco Toscano Rico, o proprietário da Quinta do Rol, Carlos Melo Ribeiro, o presidente da Adega Cooperativa da Lourinhã, Jorge Humberto e o Grão-mestre da Colegiada da Aguardente DOC Lourinhã, José Nuno Leitão.

A requalificação desta via contemplou diversas intervenções que regeneraram e qualificaram o espaço público e a rede urbana, promovendo a articulação entre os percursos pedonais e a circulação automóvel e introduzindo áreas verdes, de forma a unificar e a ligar os diferentes espaços e a permitir um usufruto do espaço num contexto mais natural. Muito do investimento baseou-se na eficiência energética e acessibilidades, com reformulação de pavimentos, estacionamentos, espaços verdes, mobiliário e equipamento urbano e iluminação pública.

 O apoio financeiro da União Europeia para a realização da obra foi de 486.684,95 EUR, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) e o investimento do município foi de 85 885,58 EUR.

Esta cerimónia teve também por objetivo celebrar os 30 anos desde a publicação do Decreto-lei 34/92, de 7 de Março, que cria a Região Demarcada da Aguardente Vínica de Qualidade com Denominação de Origem Controlada “, simbolicamente assinalados na rotunda que integra a obra, por João Duarte de Carvalho e por Francisco Toscano Rico.

No seu discurso, João Duarte Carvalho sublinhou que “só com uma promoção articulada do território, associada à requalificação urbana, conseguimos tornar a Lourinhã mais atrativa e com melhor qualidade de vida, quer para quem nos visita, mas também para todos os lourinhanenses.”