Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility Ir para conteúdo

Santa Casa da Misericórdia da Lourinhã

O edifício sede da Santa Casa da Misericórdia da Lourinhã, fundada por alvará de Filipe II, datado de 23 de Julho de 1586 é constituído por três construções distintas, de três diversas épocas e estilos que não lhe retiraram uma unidade bastante harmoniosa. No centro do edifício ergue-se a Igreja, com data de 1626, inscrita no tímpano.

É um templo de características renascentistas, de uma só nave, teto de maceira e paredes estucadas. O coro alto é sustentado por duas colunas de pedra, com pias de água benta circulares incorporadas nos fustes. O altar-mor situado num plano superior, possui ao centro um retábulo do século XVIII com escudo de D. João V ladeado por duas telas que representam Nossa Senhora da Piedade e Nossa Senhora da Misericórdia. Na base do altar vemos uma imagem em tamanho natural de Cristo no túmulo, que todos os anos sai na Procissão do Enterro do Senhor. Ao lado da Epístola destacam-se a Tribuna dos Mesários com 13 lugares, uma obra do século XVIII, encimada com as armas de D. João V, e a cadeira de espaldar trabalhado do Provedor. Em frente, a capela do Senhor dos Passos, com retábulo em talha dourada.

A fachada da Igreja é de empena de bico e na porta, sobrepujada com tímpano triangular, onde se inscreve a data de 1626 e a frase: "Bem-aventurados os misericordiosos porque alcançarão a misericórdia".

A nascente da Igreja encontra-se a parte mais antiga, que pertenceu à Capela do Espírito Santo, do séc. XVI, com um notável portal manuelino de meados do século XVII, e a poente situa-se o Hospital (século XVIII), em cuja fachada se abre a porta principal encimada pelo escudo, em pedra calcária branca, de D. João V.Fazia também parte do edificado a Gafaria (Leprosaria ) de Santo André, no caminho para Ribamar, já fora do limites da vila.

Brasão - Santa Casa da Misericórdia da LourinhãSão João em Patmos da autoria do Mestre da Lourinhã

Mas o interesse da Santa casa da Misericórdia consiste também no seu rico espólio museológico salientando-se a coleção de pintura quinhentista. Aqui podemos admirar os dois quadros atribuídos ao Mestre da Lourinhã: São João Evangelista na Ilha de Patmos e São João Baptista em Meditação. De inspiração flamenga são considerados da melhor pintura da época no nosso país. Destacam-se ainda, as obras de Lourenço de Salzedo, pintor maneirista, de origem Castelhana, constituídas por quatro tábuas de muito valor - especialmente a São João em Patmos da autoria do Mestre da Lourinhãde São Jerónimo. Podem também, admirar-se três quadros, atribuídos ao pintor Francisco de Campos, além de uma bandeira da Misericórdia de Diogo Teixeira, em tela.

As Visitas necessitam de marcação prévia:

Santa Casa da Misericórdia da Lourinhã

Telefone: 261 411 151 / 261 412 649

Fax: 261 413 011

E-mail: scml.lourinha@oninet.pt 

 

Coordenadas: 9:18:54.623,39:14:31.312