Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility Ir para conteúdo

Notícias

Sem resultados a apresentar
Covid 19

Município da Lourinhã apoia instalação de futuro Centro de Vacinação COVID-19

23 março, 2021

O Município da Lourinhã está a instalar, em articulação com o Centro de Saúde da Lourinhã, um Centro de Vacinação COVID-19 (CVC) no pavilhão da Casa do Povo da Lourinhã, junto à Segurança Social.

Esta estrutura provisória foi solicitada pelo ACES OESTE SUL, no seguimento das orientações emitidas pelo Ministério da Saúde para a campanha de vacinação em massa, por forma a garantir a aceleração e massificação progressivas da vacinação contra a COVID-19, tendo, como tal, o apoio do Município da Lourinhã, que prevê um investimento inicial de 15.000€.

Não há ainda uma data prevista para a entrada em funcionamento do espaço, contudo, prevê-se que quando entrar em funcionamento estará aberto em regime alargado durante os dias úteis e ao fim de semana.

O Centro de Saúde da Lourinhã será a entidade responsável pelo processo de vacinação e operacionalização do CVC, articulando, de forma permanente, todas as questões operacionais com a Coordenação Municipal de Proteção Civil.

Prevê-se que este seja o único CVC que dará resposta ao pedido solicitado, mantendo-se em funcionamento até persistirem as necessidades de vacinação da população do município.

O CVC está ajustado para uma capacidade diária de resposta de cerca de 240 pessoas, sendo que apenas podem aceder ao espaço cidadãos convocados pelo Centro de Saúde, com marcação prévia, devidamente efetuada.

Centro de vacinação COVID-19
Covid 19

Comunicado n.º 20/2021 - medidas de prevenção COVID-19 que continuam a vigorar no concelho

15 março, 2021

Com a publicação da Resolução do Conselho de Ministros nº 19/2021, de 13 de março, que estabelece uma estratégia de levantamento de medidas de confinamento no âmbito do combate à pandemia da COVID-19 e do Decreto n.º 4/2021, de 13 de março, que Regulamenta o Estado de Emergência decretado pelo Presidente da República, o município da Lourinhã vem informar os cidadãos das seguintes medidas de prevenção que continuam a vigorar no concelho:

Manutenção dos seguintes serviços:

 Atendimento ao Munícipe no edifício dos Paços do Concelho através de marcação;

 Outros serviços municipais com marcação prévia e acesso condicionado;

 Mercados Municipais da Lourinhã e Praia da Areia Branca;

 Parques e jardins de gestão municipal;

 Parque de Campismo da Praia da Areia Branca;

 Estádio Municipal da Lourinhã condicionado à circulação exclusiva de atletas e equipas técnicas;

 As cerimónias fúnebres poderão realizar-se no interior do cemitério acompanhadas por família e afins no máximo de 30 pessoas, condicionada ao cumprimento das normas emanadas pela Direção Geral de Saúde.

 Creches, pré-escolar e 1.º ciclo (e ATL apenas para crianças e alunos que retomam as atividades educativas e letivas).

 No âmbito das medidas extraordinárias e de caráter urgente de resposta à situação epidemiológica do novo coronavírus, previstas no Decreto n.º 3- C/2021, e na eventualidade de os profissionais de saúde, das forças e serviços

de segurança e de socorro - incluindo os bombeiros voluntários, e das forças armadas, os trabalhadores dos serviços públicos essenciais, trabalhadores de instituições, equipamentos sociais ou de entidades que desenvolvam respostas de carácter residencial de apoio social e de saúde às pessoas idosas, às pessoas com deficiência, às crianças e jovens em perigo e às vítimas de violência doméstica; trabalhadores de serviços de gestão e manutenção de infraestruturas essenciais, bem como de outros serviços essenciais, a Câmara Municipal da Lourinhã e os Agrupamentos de Escolas do concelho da Lourinhã, para cumprimento do estabelecido no artigo 31.º do Decreto 3-C /2021, de 22 de janeiro, definiram a Escola Básica da Lourinhã como o equipamento disponível para acolhimento dos filhos ou outros dependentes daqueles profissionais, desde que demonstrem reunir as condições para este apoio.

 Os pais e/ou encarregados de educação que se enquadrem na situação anterior devem contactar a direção do Agrupamento respetivo:

o Agrupamento de Escolas D. Lourenço Vicente: gestao@aedlv.org

o Agrupamento de Escolas da Lourinhã: gabinetediretor@aelourinha.pt

 Mantém-se o apoio alimentar a todas as crianças que beneficiam de apoio social escolar, sendo que o mesmo deve ser solicitado diretamente ao Agrupamento respetivo;

 Mantêm-se todas as atividades relativas à intervenção precoce e necessidades educativas especiais;

 CPCJ mantêm-se em funcionamento.

Encerramento das seguintes instalações municipais:

 Pavilhão Polidesportivo Municipal;

 Pavilhão da Casa do Povo da Lourinhã; (Instalado centro de vacinação COVID19)  Centro Cultural Dr. Afonso Rodrigues Pereira;

 Galeria Municipal da Lourinhã;

 Auditório Municipal da Lourinhã;

 Postos de Turismo da Praia da Areia Branca e da Lourinhã;

 Centro de Interpretação da Batalha do Vimeiro;

Manutenção do enceramento dos seguintes estabelecimentos:

Atividades recreativas, de lazer e diversão

 Discotecas, bares e salões de dança ou de festa;

 Parques de diversões e parques recreativos e similares para crianças;

 Quaisquer locais destinados a práticas desportivas de lazer, assim como instalações semelhantes.

Atividades culturais e artísticas:

 Auditórios;

 Cinemas, teatros e salas de concertos;

 Museus, monumentos, palácios e sítios arqueológicos ou similares (como por exemplo: centros interpretativos e grutas), municipais, públicos ou privados, sem prejuízo do acesso dos trabalhadores para efeitos de conservação e segurança.

Atividades de âmbito social, educativas e formativas  Escolas de línguas, centros de explicações e escolas de condução, sem prejuízo da realização de provas e exames;

 Academia Sénior da Lourinhã;

 Centros de Dia e Centros de Convívio para Idosos;

Atividades desportivas

 No conjunto das instalações desportivas encerradas, aplica-se a exceção para atividade dos atletas de alto rendimento e atividades desportivas escolares;

 Campos de futebol, rugby e similares;

 Pavilhões ou recintos fechados;

 Pavilhões de futsal, basquetebol, andebol, voleibol, hóquei em patins e similares;

 Courts de ténis, padel e similares fechados e ao ar livre;

 Pistas de patinagem e similares;

 Piscinas;

 Ringues de boxe, artes marciais e similares;

 Circuitos permanentes de motas, automóveis e similares;

 Hipódromos e pistas similares fechados;

 Pavilhões polidesportivos;

 Ginásios e academias.

Atividades de restauração:

 Restaurantes e similares, cafetarias, casas de chá e afins, salvo para efeitos de entrega ao domicílio, diretamente ou através de intermediário, bem como para disponibilização de refeições ou produtos embalados à porta do estabelecimento ou takeaway;

 Bares e afins;

 Bares e restaurantes de hotel, exceto para entrega nos quartos dos hóspedes (room service) ou para disponibilização de refeições ou produtos embalados à porta dos hotéis (take-away);

 Esplanadas.

Termas e spas ou estabelecimentos afins:

 Não é permitido o funcionamento destes espaços.

Relembramos que, a GNR - Guarda Nacional Republicana tem em funcionamento uma linha de atendimento ao cidadão para questões relacionadas com o COVID-19. Para ver a sua questão esclarecida, envie uma mensagem de correio electrónico para: covid19@gnr.pt, ou através do contacto telefónico do Posto da GNR da Lourinhã – 261 430 140.

Estas medidas entram em vigor de imediato e prolongam-se até ao dia 4 de abril, sendo sujeitas à avaliação permanente, em articulação com as orientações das autoridades de saúde.

Proteção Civil Câmara Municipal da Lourinhã
Covid 19

Comunicado 19/21 - Medidas de prevenção Covid-19

02 março, 2021

Com a publicação do Decreto n.º 3-A/2021 de 14 de janeiro, do Decreto n.º3-B/2021 de 19 de janeiro, do Decreto n.º3-C/2021 de 22 de janeiro, do Decreto n.º3-D/2021 de 29 de janeiro, do Decreto n.º3-E/2021 de 12 de fevereiro, e do Decreto n.º3-F/2021 de 26 de fevereiro que Regulamenta o Estado de Emergência decretado pelo Presidente da República, o município da Lourinhã de forma a responder ao aumento do número de novos casos de contágio da doença COVID-19, vem informar os cidadãos das seguintes medidas de prevenção que continuam a vigorar no concelho:

Manutenção dos seguintes serviços:

• Atendimento ao munícipe no edifício dos Paços do Concelho através de marcação;
• Outros serviços municipais com marcação prévia e acesso condicionado;
• Biblioteca Municipal com serviços condicionados;
• Mercados Municipais da Lourinhã e Praia da Areia Branca;
• Parques e jardins de gestão municipal;
• Parque de Campismo da Praia da Areia Branca;
• Estádio Municipal da Lourinhã condicionado à circulação exclusiva de atletas e equipas técnicas;
• As cerimónias fúnebres poderão realizar-se no interior do cemitério acompanhadas por família e afins no máximo de 30 pessoas, condicionada ao cumprimento das normas emanadas pela Direção Geral de Saúde.
• No âmbito das medidas extraordinárias e de caráter urgente de resposta à situação epidemiológica do novo coronavírus, previstas no Decreto n.º 3-C/2021, e na eventualidade de os profissionais de saúde, das forças e serviços de segurança e de socorro - incluindo os bombeiros voluntários, e das forças armadas, os trabalhadores dos serviços públicos essenciais, trabalhadores de instituições, equipamentos sociais ou de entidades que desenvolvam respostas de carácter residencial de apoio social e de saúde às pessoas idosas, às pessoas com deficiência, às crianças e jovens em perigo e às vítimas de violência doméstica; trabalhadores de serviços de gestão e manutenção de infraestruturas essenciais, bem como de outros serviços essenciais, a Câmara Municipal da Lourinhã e os Agrupamentos de Escolas do concelho da Lourinhã, para cumprimento do estabelecido no artigo 31.º do Decreto 3-C /2021, de 22 de janeiro, definiram a Escola Básica da Lourinhã como o equipamento disponível para acolhimento dos filhos ou outros dependentes daqueles profissionais, desde que demonstrem reunir as condições para este apoio.
• Os pais e/ou encarregados de educação que se enquadrem na situação anterior devem contactar a direção do Agrupamento respetivo:
o Agrupamento de Escolas D. Lourenço Vicente: gestao@aedlv.org
o Agrupamento de Escolas da Lourinhã: gabinetediretor@aelourinha.pt
• Mantém-se o apoio alimentar a todas as crianças que beneficiam de apoio social escolar, sendo que o mesmo deve ser solicitado diretamente ao Agrupamento respetivo;
• Mantêm-se todas as atividades relativas à intervenção precoce e necessidades educativas especiais;
• CPCJ - Comissão de Proteção de Crianças e Jovens da Lourinhã mantêm-se em funcionamento;
• DTR – Depósito Temporário de Resíduos mantêm-se em funcionamento.

 

Encerramento das seguintes instalações municipais:

• Pavilhão Polidesportivo Municipal;

• Pavilhão da Casa do Povo da Lourinhã;

• Centro Cultural Dr. Afonso Rodrigues Pereira;

• Galeria Municipal da Lourinhã;

• Auditório Municipal da Lourinhã;

• Postos de Turismo da Praia da Areia Branca e da Lourinhã;

• Centro de Interpretação da Batalha do Vimeiro;

• Parques Infantis;

• Acesso a todas as praias balneares do concelho;

• Proibição de utilização de bancos de jardim e equipamentos públicos para a prática desportiva, como equipamentos de fitness, ringues desportivos ao ar livre e outros para prática de skate em todo o concelho.

 

Enceramento dos seguintes estabelecimentos com a renovação do estado de emergência:

Atividades recreativas, de lazer e diversão

• Discotecas, bares e salões de dança ou de festa;

• Parques de diversões e parques recreativos e similares para crianças;

• Quaisquer locais destinados a práticas desportivas de lazer, assim como instalações semelhantes.

 

Atividades culturais e artísticas

• Cinemas, teatros e salas de concertos;

• Museus, monumentos, palácios e sítios arqueológicos ou similares (como por exemplo: centros interpretativos e grutas), municipais, públicos ou privados, sem prejuízo do acesso dos trabalhadores para efeitos de conservação e segurança.

 

Atividades de âmbito social, educativas e formativas

• Escolas de línguas, centros de explicações e escolas de condução, sem prejuízo da realização de provas e exames;

• Academia Sénior da Lourinhã;

• Centros de Dia e Centros de Convívio para Idosos;

• Interrupção de todas as atividades letivas durante a vigência do atual estado de emergência;

• Creches,

• Pré-escolar, CATL, ATL.

 

Atividades desportivas

• No conjunto das instalações desportivas encerradas, aplica-se a exceção para atividade dos atletas de alto rendimento e atividades desportivas escolares;

• Campos de futebol, rugby e similares;

• Pavilhões ou recintos fechados;

• Pavilhões de futsal, basquetebol, andebol, voleibol, hóquei em patins e similares;

• Courts de ténis, padel e similares fechados e ao ar livre;

• Pistas de patinagem e similares;

• Piscinas;

• Ringues de boxe, artes marciais e similares;

• Circuitos permanentes de motas, automóveis e similares;

• Hipódromos e pistas similares fechados;

• Pavilhões polidesportivos;

• Ginásios e academias.

 

Atividades de restauração

• Restaurantes e similares, cafetarias, casas de chá e afins, salvo para efeitos de entrega ao domicílio, diretamente ou através de intermediário, bem como para disponibilização de refeições ou produtos embalados à porta do estabelecimento ou takeaway;

• Bares e afins;

• Bares e restaurantes de hotel, exceto para entrega nos quartos dos hóspedes (room service) ou para disponibilização de refeições ou produtos embalados à porta dos hotéis (take-away);

• Esplanadas.

 

Termas e spas ou estabelecimentos afins

• Não é permitido o funcionamento destes espaços.

 

Relembramos que, a GNR - Guarda Nacional Republicana tem em funcionamento uma linha de atendimento ao cidadão para questões relacionadas com o COVID-19. Para ver a sua questão esclarecida, envie uma mensagem de correio eletrónico para: covid19@gnr.pt, ou através do contacto telefónico do Posto da GNR da Lourinhã – 261 430 140.

Estas medidas entram em vigor de imediato e prolongam-se até ao dia 16 de março, sendo sujeitas à avaliação permanente, em articulação com as orientações das autoridades de saúde.

Comunicado 19/21 - Medidas de prevenção Covid-19
Covid 19

Município da Lourinhã desenvolve ações de proximidade junto da comunidade

05 fevereiro, 2021

Durante o mês de janeiro, a autarquia desenvolveu um conjunto de ações de proximidade junto da comunidade, no âmbito da segurança rodoviária e da pandemia por COVID-19, estas últimas com vista à mitigação da mesma, através da disponibilização de meios logísticos, mas também da conjugação de esforços no planeamento da estratégia de combate a esta doença.

Destas ações, destacamos o acompanhamento de vistorias e o acompanhamento de vistorias de surto, de acordo com o protocolo de atuação de acompanhamento das Estruturas Residenciais COVID-19, definido entre os parceiros de Autoridade de Saúde Pública, Proteção Civil e Segurança Social. Estas ações decorreram no Lar Vila Loba, na Casa de Repouso de Santa Bárbara, na Santa Casa da Misericórdia da Lourinhã e no Centro Social e Paroquial Moita dos Ferreiros.
A Brigada de Desinfeção da autarquia teve igualmente de atuar na descontaminação dos quartos de pessoas infetadas com COVID-19, alas comuns e zonas de circulação na Casa de Acolhimento da Areia Branca (Casa Pia), na Casa de Repouso de Santa Bárbara, no Centro Social e Paroquial Moita dos Ferreiros e no Lar Vila Loba. Nestes estabelecimentos, foram ainda reforçados os depósitos e medidas para recolha de resíduos biológicos, resultantes dos locais contaminados.
As instituições do concelho com surtos ativos, receberam Equipamentos de Proteção Individual com o objetivo de reforçarem os seus stocks, tendo para isso sido entregues 245 unidades de fatos completos, 300 unidades de máscaras cirúrgicas, 584 unidades de máscaras FFP2, 170 unidades de cobre botas, 1200 unidades de luvas, 300 unidades de toucas, 21 unidades de viseiras, 50 unidades de batas e 5 litros de desinfetante álcool.
As Forças Armadas Portuguesas, em articulação com o Comando Distrital de Operações de Socorro de Lisboa procedeu à descontaminação do Lar de Nossa Senhora da Piedade, na Cabeça Gorda pelas, após encerramento do surto pela autoridade de saúde, processo que foi acionado pela autarquia.

Por falta de recursos próprios para transporte, de doentes e suspeitos COVID-19, foi também prestado apoio no desencadeamento dessa operação, desenvolvida pelos Bombeiros Voluntários da Lourinhã, por forma a que estes cidadãos tivessem acesso às Unidades de Saúde ou Diagnóstico, tendo igualmente sido acionado o alojamento temporário de emergência, Casa do Oeste, para albergar, em momentos distintos, dois cidadãos com resultado positivo para COVID-19.
Providenciou-se ainda cabazes de alimentação, em pareceria com algumas Juntas de Freguesias, a famílias ou munícipes com dificuldades financeiras, bem como tem sido feita a distribuição de alimentos e refeições aos alunos das escolas encerradas, pertencentes ao 1º e ao 2º escalão e a alunos em escolas de acolhimento, num total de 115 crianças e jovens.

Após despacho governamental, procedeu-se à interdição de todos os acessos aos passeios marítimos, estacionamentos e zonas de acessos às praias vigiadas e não vigiadas, em estreita articulação com as Juntas de Freguesia, a fim de evitar aglomerações. Também por despacho, desta feita, municipal, interditou-se e balizou-se equipamentos públicos, sob gestão do município, como parques infantis, equipamentos de lazer e desportivos, skateparks, polidesportivos e bancos de jardim.

Naquilo que toca à sensibilização da população para as medidas de mitigação da pandemia, a autarquia tem elaborado vários comunicados e prestado esclarecimentos a particulares e a empresários, em articulação com posto territorial da GNR da Lourinhã. Esta comunicação tem sido igualmente estabelecida com estabelecimentos comerciais do setor alimentício, com o apoio do veterinário de municipal. Estão ainda a ser desenvolvidas novas mensagens áudio, para difusão pelos diversos lugares e aldeias do concelho, através de veículos municipais.

Para o ato eleitoral para a Presidência da República, a autarquia implementou medidas de prevenção e segurança, quer para os membros das mesas de voto quer para os eleitores, que passaram pela definição de circuitos, disponibilização de Equipamentos de Proteção Individual, alocação de recursos humanos para controlo de acessos e disponibilização de pontos de desinfeção, com reforço desses meios.

No que toca a parcerias, em colaboração com a Autoridade de Saúde Local, foram disponibilizados três funcionários da autarquia para prestar apoio no Gabinete de Apoio à COVID-19, do Centro de Saúde da Lourinhã, tendo ainda o município integrado o Grupo de Trabalho - Proposta de instalação de um Posto de Triagem avançado/ hospital de campanha, que terá por objetivo evitar constrangimentos no Banco de Urgências do Hospital de Torres Vedras. Este grupo de trabalho foi criado na decorrência de uma reunião realizada com os autarcas dos municípios de Lourinhã, Cadaval, Torres Vedras e Mafra, em conjunto com as Instituições Particulares de Solidariedade Social, Segurança Social e Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo.
Sobre outros trabalhos relacionados com a prevenção rodoviária, a autarquia desenvolveu contatos com as Infraestruturas de Portugal, para limpeza das estradas nacionais do concelho, procedeu à limpeza da via EN 247 Casal Novo e EN 8-2 Casal Lourim, juntamente com os Bombeiros Voluntários da Lourinhã e interveio num abatimento de via, na Rua da Portela, na Lourinhã.

Tendo caído uma fachada e o telhado de uma habitação na localidade de Atalaia, foi igualmente realizada a limpeza dos destroços.

Todas estas ocorrências foram resultado das condições meteorológicas adversas registadas nos últimos dias.

Município da Lourinhã desenvolve ações de proximidade junto da comunidade
Covid 19

Novo Posto de Testagem COVID-19 - Testes Rápidos de Antigénio (TRAg) - na Lourinhã

04 fevereiro, 2021

Iniciou atividade, a 2 de fevereiro, o Posto de Testagem COVID-19 da Lourinhã, que funcionará na Sede da Delegação da Cruz Vermelha Portuguesa, da Lourinhã, (Rua das Armações, nº 28 (antigo Posto Fiscal), Porto Dinheiro, 2530-626 Ribamar, Lourinhã), a par com a Brigada Móvel, e onde qualquer cidadão poderá fazer a despistagem da infeção, através de requisição do SNS (gratuitamente) ou a título particular (com o custo de 20€).

Este equipamento, solicitado pela Autoridade de Saúde Local e implementado pela Cruz Vermelha Portuguesa, da Lourinhã, contará com o apoio da autarquia na cedência de Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s), aos técnicos que tiverem necessidade de se deslocar para realização de testes em IPSS’s ou em casa de cidadãos com mobilizada reduzida.

Os testes são realizados a todos aqueles que se dirigirem às instalações do Posto, dentro dos horários de abertura, bem como através de marcação prévia, através do site www.testescovidcvp.pt ou do nº de telefone 1415.

Os horários de atendimento são os seguintes:
- 3ª feira, das 18h às 20h
- 5ª feira, das 8h às 15h
- Sábados, das 14h30 às 18h30

Qualquer informação adicional relativa ao funcionamento do Posto de Testagem, deverá ser colocada à Cruz Vermelha Portuguesa, da Lourinhã.

Novo Posto de Testagem COVID-19 - Testes Rápidos de Antigénio (TRAg) - na Lourinhã
Covid 19

Comunicado n.º 17/2021 - medidas de prevenção que serão implementadas de imediato

22 janeiro, 2021

Com a publicação do Decreto n.º 3-A/2021 de 14 de janeiro, do Decreto n.º3-B/2021 de 19 de janeiro e do Decreto n.º3-C/2021 de 22 de janeiro que Regulamenta o Estado de Emergência decretado pelo Presidente da República, o município da Lourinhã de forma a responder ao aumento do número de novos casos de contágio da doença COVID-19, vem informar os cidadãos das seguintes medidas de prevenção que serão implementadas de imediato:

Manutenção dos seguintes serviços:

• Atendimento ao Municipe no edifício dos Paços do Concelho através de marcação;

• Outros serviços municipais com marcação prévia e acesso condicionado;

• Mercados Municipais da Lourinhã e Praia da Areia Branca;

• Parques e jardins de gestão municipal;

• Parque de Campismo da Praia da Areia Branca;

• Estádio Municipal da Lourinhã condicionado à circulação exclusiva de atletas e equipas técnicas;

• As cerimónias fúnebres poderão realizar-se no interior do cemitério acompanhadas por família e afins no máximo de 30 pessoas, condicionada ao cumprimento das normas emanadas pela Direção Geral de Saúde.

• No âmbito das medidas extraordinárias e de caráter urgente de resposta à situação epidemiológica do novo coronavírus, previstas no Decreto n.º 3-C/2021, e na eventualidade de os profissionais de saúde, das forças e serviços de segurança e de socorro - incluindo os bombeiros voluntários, e das forças armadas, os trabalhadores dos serviços públicos essenciais, trabalhadores de instituições, equipamentos sociais ou de entidades que desenvolvam respostas de carácter residencial de apoio social e de saúde às pessoas idosas, às pessoas com deficiência, às crianças e jovens em perigo e às vítimas de violência doméstica; trabalhadores de serviços de gestão e manutenção de infraestruturas essenciais, bem como de outros serviços essenciais, a Câmara Municipal da Lourinhã e os Agrupamentos de Escolas do concelho da Lourinhã, para cumprimento do estabelecido no artigo 31.º do Decreto 3-C /2021, de 22 de janeiro, definiram a Escola Básica da Lourinhã como o equipamento disponível para acolhimento dos filhos ou outros dependentes daqueles profissionais, desde que demonstrem reunir as condições para este apoio.

• Os pais e/ou encarregados de educação que se enquadrem nesta situação devem contactar a direção do Agrupamento respetivo:
o Agrupamento de Escolas D. Lourenço Vicente: gestao@aedlv.org
o Agrupamento de Escolas da Lourinhã: gabinetediretor@aelourinha.pt

• Mantém-se o apoio alimentar a todas as crianças que beneficiam de apoio social escolar, sendo que o mesmo deve ser solicitado diretamente ao Agrupamento respetivo;

• Mantêm-se todas as atividades relativas à intervenção precoce e necessidades educativas especiais;

• CPCJ mantêm-se em funcionamento.


Encerramento das seguintes instalações municipais:

• Pavilhão Polidesportivo Municipal;

• Pavilhão da Casa do Povo da Lourinhã;

• Biblioteca Municipal da Lourinhã;

• Centro Cultural Dr. Afonso Rodrigues Pereira;

• Galeria Municipal da Lourinhã;

• Auditório Municipal da Lourinhã;

• Postos de Turismo da Praia da Areia Branca e da Lourinhã;

• Centro de Interpretação da Batalha do Vimeiro;

• Parques Infantis;

• Acesso a todas as praias balneares do concelho;

• Proibição de utilização de bancos de jardim e equipamentos públicos para a prática desportiva, como equipamentos de fitness, ringues desportivos ao ar livre e outros para prática de skate em todo o concelho.

Enceramento dos seguintes estabelecimentos com a renovação do estado de emergência:

Atividades recreativas, de lazer e diversão


• Discotecas, bares e salões de dança ou de festa;

• Circos;

• Parques de diversões e parques recreativos e similares para crianças;

• Quaisquer locais destinados a práticas desportivas de lazer, assim como instalações semelhantes.

Atividades culturais e artísticas
• Auditórios, salvo se em contexto de eventos da campanha eleitoral no âmbito da eleição do Presidente da República;

• Cinemas, teatros e salas de concertos;

• Museus, monumentos, palácios e sítios arqueológicos ou similares (como por exemplo: centros interpretativos e grutas), nacionais, regionais e municipais, públicos ou privados, sem prejuízo do acesso dos trabalhadores para efeitos de conservação e segurança.

 

Atividades de âmbito social, educativas e formativas

• Escolas de línguas, centros de explicações e escolas de condução, sem prejuízo da realização de provas e exames;

• Academia Sénior da Lourinhã;

• Centros de Dia e Centros de Convício para Idosos;

• Interrupção de todas as atividades letivas durante os próximos 15 dias;

• Creches,

• Pré-escolar, CATL, ATL.

 

Atividades desportivas

• No conjunto das instalações desportivas encerradas, aplica-se a exceção para atividade dos atletas de alto rendimento e atividades desportivas escolares;

• Campos de futebol, rugby e similares;

• Pavilhões ou recintos fechados;

• Pavilhões de futsal, basquetebol, andebol, voleibol, hóquei em patins e similares;

• Courts de ténis, padel e similares fechados e ao ar livre;

• Pistas de patinagem, hóquei no gelo e similares;

• Piscinas;

• Ringues de boxe, artes marciais e similares;

• Circuitos permanentes de motas, automóveis e similares;

• Hipódromos e pistas similares fechados;

• Pavilhões polidesportivos;

• Ginásios e academias.

 

Atividades de restauração

• Restaurantes e similares, cafetarias, casas de chá e afins, salvo para efeitos de entrega ao domicílio, diretamente ou através de intermediário, bem como para disponibilização de refeições ou produtos embalados à porta do estabelecimento ou takeaway;

• Bares e afins;

• Bares e restaurantes de hotel, exceto para entrega nos quartos dos hóspedes (room service) ou para disponibilização de refeições ou produtos embalados à porta dos hotéis (take-away);

• Esplanadas.

 

Termas e spas ou estabelecimentos afins


• Não é permitido o funcionamento destes espaços.

Relembramos que, a GNR - Guarda Nacional Republicana tem em funcionamento uma linha de atendimento ao cidadão para questões relacionadas com o COVID-19. Para ver a sua questão esclarecida, envie uma mensagem de correio electrónico para: covid19@gnr.pt, ou através do contacto telefónico do Posto da GNR da Lourinhã – 261 430 140.

Estas medidas entram em vigor de imediato e prolongam-se até ao dia 30 de janeiro, sendo sujeitas à avaliação permanente, em articulação com as orientações das autoridades de saúde.

 

Comunicado n.º 17/2021 - medidas de prevenção que serão implementadas de imediato
Covid 19

Comunicado n.º 16/2021 - Medidas de prevenção que serão implementadas de imediato

20 janeiro, 2021

Com a publicação do Decreto-lei n.º 3-A/2021 de 14 de janeiro e do Decreto-lei n.º3-B/2021 de 19 de janeiro, que Regulamenta o Estado de Emergência decretado pelo Presidente da República, o município da Lourinhã de forma a responder ao aumento do número de novos casos de contágio da doença COVID-19, vem informar os cidadãos das seguintes medidas de prevenção que serão implementadas de imediato:

Manutenção dos seguintes serviços:

• Atendimento ao Municipe no edifício dos Paços do Concelho através de marcação;

• Serviços da componente de apoio à família (refeições, prolongamento de horário e atividades nas interrupções letivas);

• Outros serviços municipais com marcação prévia e acesso condicionado;

• Mercados Municipais da Lourinhã e Praia da Areia Branca;

• Parques e jardins de gestão municipal;

• Parque de Campismo da Praia da Areia Branca;

• Estádio Municipal da Lourinhã condicionado à circulação exclusiva de atletas e equipas técnicas;

• As cerimónias fúnebres poderão realizar-se no interior do cemitério acompanhadas por família e afins no máximo de 30 pessoas, condicionada ao cumprimento das normas emanadas pela Direção Geral de Saúde.

Encerramento das seguintes instalações municipais:

• Pavilhão Polidesportivo Municipal;
• Pavilhão da Casa do Povo da Lourinhã;
• Biblioteca Municipal da Lourinhã;
• Centro Cultural Dr. Afonso Rodrigues Pereira;
• Galeria Municipal da Lourinhã;
• Auditório Municipal da Lourinhã;
• Postos de Turismo da Praia da Areia Branca e da Lourinhã;
• Centro de Interpretação da Batalha do Vimeiro;
• Parques Infantis;
• Acesso a todas as praias balneares do concelho;
• Proibição de utilização de bancos de jardim e equipamentos públicos para a prática desportiva, como equipamentos de fitness, ringues desportivos ao ar livre e outros para prática de skate em todo o concelho.

Enceramento dos seguintes estabelecimentos com a renovação do estado de emergência:

Atividades recreativas, de lazer e diversão
• Discotecas, bares e salões de dança ou de festa;
• Circos;
• Parques de diversões e parques recreativos e similares para crianças;
• Quaisquer locais destinados a práticas desportivas de lazer, assim como instalações semelhantes.

Atividades culturais e artísticas
• Auditórios, salvo se em contexto de eventos da campanha eleitoral no âmbito da eleição do Presidente da República;
• Cinemas, teatros e salas de concertos;
• Museus, monumentos, palácios e sítios arqueológicos ou similares (como por exemplo: centros interpretativos e grutas), nacionais, regionais e municipais, públicos ou privados, sem prejuízo do acesso dos trabalhadores para efeitos de conservação e segurança.


Atividades educativas e formativas
• Atividades de ocupação de tempos livres;
• Escolas de línguas, centros de explicações e escolas de condução, sem prejuízo da realização de provas e exames.

Atividades desportivas
• No conjunto das instalações desportivas encerradas, aplica-se a exceção para atividade dos atletas de alto rendimento e atividades desportivas escolares;
• Campos de futebol, rugby e similares;
• Pavilhões ou recintos fechados;
• Pavilhões de futsal, basquetebol, andebol, voleibol, hóquei em patins e similares;
• Courts de ténis, padel e similares fechados e ao ar livre;
• Pistas de patinagem, hóquei no gelo e similares;
• Piscinas;
• Ringues de boxe, artes marciais e similares;
• Circuitos permanentes de motas, automóveis e similares;
• Hipódromos e pistas similares fechados;
• Pavilhões polidesportivos;
• Ginásios e academias.

Atividades de restauração
• Restaurantes e similares, cafetarias, casas de chá e afins, salvo para efeitos de entrega ao domicílio, diretamente ou através de intermediário, bem como para disponibilização de refeições ou produtos embalados à porta do estabelecimento ou takeaway;
• Bares e afins;
• Bares e restaurantes de hotel, exceto para entrega nos quartos dos hóspedes (room service) ou para disponibilização de refeições ou produtos embalados à porta dos hotéis (take-away);
• Esplanadas.

Termas e spas ou estabelecimentos afins
• Não é permitido o funcionamento destes espaços.

Relembramos que, a GNR - Guarda Nacional Republicana tem em funcionamento uma linha de atendimento ao cidadão para questões relacionadas com o COVID-19. Para ver a sua questão esclarecida, envie uma mensagem de correio electrónico para: covid19@gnr.pt, ou através do contacto telefónico do Posto da GNR da Lourinhã – 261 430 140.

Estas medidas entram em vigor de imediato e prolongam-se até ao dia 30 de Janeiro, sendo sujeitas à avaliação permanente, em articulação com as orientações das autoridades de saúde.

Comunicado n.º 16/2021 - Medidas de prevenção que serão implementadas de imediato
Covid 19

Exército realiza ação de descontaminação nas instalações da Associação para o Desenvolvimento de Cabeça Gorda

07 janeiro, 2021

Após ter sido dado por encerrado o surto no Lar de Nossa Senhora da Piedade, nas instalações da Associação para o Desenvolvimento de Cabeça Gorda, pela Autoridade de Saúde Local, procedeu-se, em articulação com o CDOS de Lisboa, à solicitação de ativação da equipa do Exército Português, especializada na Defesa Biológica, Química e Radiológica, para descontaminação da ala COVID-19, ala esta que esteve afeta aos casos positivos da Instituição.

A ação teve lugar ontem à tarde, dia 06 de janeiro e contou com 24 militares.

Exército realiza ação de descontaminação nas instalações da Associação para o Desenvolvimento de Cabeça Gorda
Covid 19

Comunicado - COVID-19

19 dezembro, 2020

No seguimento da Resolução da Assembleia da República n.º 90-A/2020, foi renovado o estado de emergência tendo a duração de 15 dias, iniciando-se às 00h00 do dia 24 de dezembro de 2020 e cessando às 23h59 do dia 7 de janeiro de 2021, sem prejuízo de eventuais renovações, nos termos da lei.

Deste modo, a partir das 00h00 do dia 24 de dezembro, o Concelho da Lourinhã passa a integrar o grupo de CONCELHOS DE NÍVEL ELEVADO RISCO e fica sujeito até às 23h00 de 31 de dezembro às medidas de âmbito de nacional que pode consultar AQUI.

O Conselho de Ministros procedeu também ao agravamento das medidas para o período do Ano Novo. Foi, então, decidido:
- Aplicar a proibição de circulação na via pública a partir das 23h00 do dia 31 de dezembro, e nos dias 1, 2 e 3 de janeiro a partir das 13h00, mantendo-se a proibição de circulação entre concelhos entre as 00h00 do dia 31 de dezembro de 2020 e as 05h00 do dia 4 de janeiro de 2021, salvo por motivos de saúde, de urgência imperiosa ou outros especificamente previstos;
- Rever os horários de funcionamento dos restaurantes, em todo o território continental, estabelecendo-se que, no dia 31 de dezembro, o funcionamento é permitido até às 22h30; e nos dias 1, 2 e 3 de janeiro até às 13h00, exceto para entregas ao domicílio.

Medidas (a cumprir pelo facto de estarmos no patamar de elevado risco)

1.Proibição de circulação na via pública em concelhos de risco elevado - Diariamente, no período compreendido entre as 23:00 h e as 05:00 h.

2.Dever geral de recolhimento domiciliário em concelhos de risco elevado - Diariamente, fora do período compreendido entre as 23h00 h e as 05h00, os cidadãos devem abster -se de circular em espaços e vias públicas, bem como em espaços e vias privadas, exceto nas situações previstas na lei.

3.Horários de encerramento em concelhos de risco elevado - Nos concelhos de risco elevado todos os estabelecimentos de comércio a retalho e de prestação de serviços, bem como os que se encontrem em conjuntos comerciais, encerram até às 22h00, excetuando -se:
a) Os estabelecimentos de restauração, exclusivamente para efeitos de serviço de refeições no próprio estabelecimento, os quais encerram até às 22h30;
b) Os estabelecimentos de restauração e similares, exclusivamente para efeitos de atividade de confeção destinada a consumo fora do estabelecimento através de entrega no domicílio, diretamente ou através de intermediário;
c) Os estabelecimentos de restauração e similares, exclusivamente para efeitos de atividade de confeção destinada a consumo fora do estabelecimento, através da disponibilização de refeições ou produtos embalados à porta do estabelecimento ou ao postigo (take -away), não sendo permitido o acesso ao interior do estabelecimento pelo público e apenas sendo permitida a recolha até às 22h30;
d) Os equipamentos culturais, os quais devem encerrar até às 22h30;
e) As instalações desportivas, quando destinadas à prática desportiva federada, as quais devem encerrar até às 22h30.
equiparadas a vias públicas, e permanecer no respetivo domicílio, exceto para deslocações autorizadas pelo presente decreto.

4.Feiras e mercados em concelhos de risco elevado - A realização de feiras e mercados de levante é proibida, salvo em caso de autorização emitida pelo presidente da câmara municipal territorialmente competente, caso estejam verificadas as condições de segurança e sejam observadas as orientações definidas pela DGS.

5.Eventos em concelhos de risco elevado - Nos concelhos de risco elevado não é permitida a realização de celebrações e de outros eventos que impliquem uma aglomeração de pessoas em número superior a seis pessoas, salvo se pertencerem ao mesmo agregado familiar. Sem prejuízo da observância das orientações definidas pela DGS, o disposto no número anterior não se aplica:
a) A cerimónias religiosas;
b) A espetáculos culturais ou eventos de natureza científica desde que, em ambos as situações, decorram em recintos fixos de espetáculos de natureza artística ou em instituições de ensino superior.

Comunicado - COVID-19
Covid 19

Comunicado – Surto COVID-19 em Residência Geriátrica – Delicado Raminho

16 dezembro, 2020

O Município da Lourinhã informa que no dia 12 de dezembro de 2020, sábado, foi identificado um caso positivo de COVID na Residência Geriátrica – Delicado Raminho freguesia do Vimeiro, tendo sido, no dia 13 de dezembro de 2020, realizada a testagem universal de todos os utentes (65) e funcionários (27).

No decorrer do dia 15 de dezembro, a Autoridade de Saúde em articulação com o Serviço Municipal de Proteção Civil (SMPC) procederam a uma visita técnica para avaliação dos espaços e medidas a implementar no caso de ativação do plano de contingência.

No final do dia 15 de dezembro foram apurados os resultados dos testes, a saber:

- 10 funcionários com resultado positivo;


- 27 utentes infetados.

Perante a situação de surto de COVID-19 na Residência Geriátrica – Delicado Raminho, a autoridade de saúde determinou a ativação do plano de contingência e a implementação de ações especificas a realizar nos espaços e serviços da instituição, por forma a separar as áreas e utentes confinados.

No dia 15 de dezembro o SMPC procedeu à ativação de uma equipa de limpeza para desinfeção dos espaços.

Adicionalmente, a CML reforçou a instituição com novos EPI’S.

No dia 15, no durante tarde procedeu-se a visita técnica por parte da segurança social, autoridade de saúde e com o acompanhamento do SMPC, para validação das medidas implementadas na instituição.

Hoje, dia 16 de dezembro, o SMPC continua a monitorizar e acompanhar a situação em articulação com a autoridade de saúde, segurança social e instituição.

Reitera-se a necessidade do cumprimento das recomendações das autoridades de saúde, através do uso de máscara, lavagem frequente de mãos e cumprimento do distanciamento social, restringindo os contactos sociais ao estritamente necessário.

O sucesso do combate a esta pandemia depende do compromisso que cada um de nós deve assumir para a sua proteção e dos que os rodeiam.

Comunicado – Surto COVID-19 em Residência Geriátrica – Delicado Raminho