Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility Ir para conteúdo

Notícias

Sem resultados a apresentar
Ambiente

Plataforma Buy Lourinhã: um mês de crescimento

31 março, 2021

A plataforma Buy Lourinhã, publicada oficialmente pelo Município da Lourinhã no passado dia 25 de fevereiro, apresenta-se como uma das mais importantes medidas de apoio à divulgação e promoção do comércio local em período de pandemia Covid-19, através da digitalização das pequenas e médias empresas do território, permitindo a cada empresário ter uma presença online, fazendo negócio 365 dias do ano, 24h por dia.

Um mês após o lançamento da plataforma, João Serra, Vereador responsável pela Divisão de Desenvolvimento Territorial, faz um balanço positivo, afirmando que “A plataforma enquanto montra de comerciantes foi lançada com 84 pré-registos, dos quais estavam aprovados 51. Um mês depois, a adesão e interesse têm sido grandes por parte do pequeno comércio e prestação de serviços, pelo que, neste momento, a plataforma conta com 119 pré-registos, estando aprovados e publicados 88. Para além disso, a montra de produtos/serviços apresenta, neste momento, mais de 370 artigos”.

Neste período, o Município apostou na capacitação do comércio local no âmbito das funcionalidades da plataforma e também no âmbito da fotografia de produto visto que o aspeto visual da plataforma é um dos elementos cruciais da mesma.

Em termos de setores de atividade, o que mais se destaca é o vestuário. No entanto verifica-se uma procura crescente nas áreas do retalho alimentar, do alojamento, seguros, agência e consultoria imobiliária, dos materiais de construção, entre outros.

A partir de hoje, 31 de março, a plataforma está também preparada para que os comerciantes que assim o decidam, possam passar a receber encomendas online, começando assim numa nova fase que permite o contacto direto com o cliente final, sendo a gestão de cada presença online na Buy Lourinhã da inteira responsabilidade de cada empresário.

A plataforma é exclusiva a empresários e empresas com sede e estabelecimento no concelho da Lourinhã, nas áreas do pequeno comércio e/ou prestação de serviços. O pré-registo dos empresários interessados em integrar a plataforma já se encontra a decorrer, através do seguinte processo:

1. Preenchimento do formulário, disponível em https://buy.cm-lourinha.pt ;

2. Envio de uma cópia da declaração do início de atividade ou da certidão permanente da empresa e uma cópia dos documentos comprovativos da situação fiscal regularizada perante a Autoridade Tributária e Segurança Social para o email buy@cm-lourinha.pt, sujeito a aprovação por parte do Município.

Tanto o registo como a adesão são gratuitos.

O Município convida todos os empresários do concelho a juntarem-se a esta que se pretende vir a ser a maior montra de produtos e serviços da Lourinhã.

Buy Lourinhã
Ambiente

Município assinala Dia Mundial da Árvore com a plantação de árvores no Parque de Campismo da Praia da Areia Branca

21 março, 2021

Foram hoje plantadas 20 árvores de várias espécies, nomeadamente medronheiros, carrascos, loureiros, e dois tipos de árvores de fruto típicas da região – pera rocha e maça reineta, no Parque de Campismo da Praia da Areia Branca. Esta ação, veio enriquecer a área verde do Parque que, ao longo dos dois últimos anos, registou um aumento de 600 m2, com a diminuição das áreas impermeabilizadas, a implementação de zonas de descanso e lazer, e, a plantação de espécies autóctones.

O Município optou por flora autóctone, tornando o parque mais sustentável, já que se tratam de espécies adaptadas às características do solo e ao clima da região, levando a um menor consumo de água e à diminuição da sua manutenção. O Parque possui, em três hectares de área, mais de três centenas de árvores que proporcionam sombra e aumentam o conforto térmico aos seus utentes.

Nos últimos dois anos, este equipamento municipal tem sido alvo de um conjunto de obras de requalificação e manutenção que o tornam mais sustentável e acessível, como a reabilitação das casas de banho, a criação de novos acessos aos balneários para pessoas com mobilidade reduzida, melhorias na distribuição das águas, esgotos e saneamento, revisão da parte elétrica com a instalação de painéis térmicos, a remoção de telhas de fibrocimento dos lava louças, a colocação de churrasqueira e a pintura dos espaços. Estas intervenções foram efetuadas por equipas do município.

Município assinala Dia Mundial da Árvore com a plantação de árvores no Parque de Campismo da Praia da Areia Branca
Ambiente

Município de Lourinhã associa-se à Hora do Planeta, assumindo vários compromissos ambientais

19 março, 2021

O Município de Lourinhã associa-se à iniciativa da organização global de conservação de natureza ANP/WWF – Hora do Planeta e compromete-se a desligar as luzes do edifício dos Paços do Concelho durante a Hora do Planeta, entre as 20H30 e as 21H30 (hora local), do dia 27 de março de 2021 e a divulgar o seu apoio à Hora do Planeta, através do website do Município e respetivas redes sociais, encorajando todos os colaboradores, munícipes e redes de fornecedores e outros a aderirem a esta iniciativa.

Para além disso, em 2021, no âmbito da evolução da campanha Hora do Planeta, cujo tema em vigor é Água e Alterações Climáticas, e do conceito ‘Liga-te ao Planeta’ assume o compromisso de dar continuidade à implementação do projeto Eficiência Energética nas Habitações Sociais (Bairro Atalaia, Bairro Casal Novo, Bairro da Eira, Bairro Ladeirinha, Bairro Moledo e Bairro S. Bartolomeu), que prevê o isolamento térmico em fachadas e cobertura, sistemas fotovoltaicos, sistemas de água quente sanitária, substituição de vãos envidraçados e substituição de equipamentos para equipamentos mais eficientes, de implementar o projeto Sistema de Medição de Caudal de Suporte à Setorização do Sistema de Abastecimento de Água do Município da Lourinhã, que consiste na melhoria da eficiência hídrica e operacional dos serviços de abastecimento de água, no contexto da implementação do Plano de Redução de Perdas de Água. Para tal, será realizado um estudo de setorização do sistema de abastecimento de água, mediante a implementação de Zonas de Medição e Controlo (ZMC), para uma monitorização mais efetiva das redes e a distribuição espacial das perdas reais. O objetivo é obter informação detalhada sobre o balanço de caudais e o comportamento dos consumos.

Por fim, o Município compromete-se ainda a diminuir por 60 minutos, durante a Hora do Planeta, os lumens de 175 candeeiros públicos existentes na vila da Lourinhã.

 

Hora do planeta 2021
Ambiente

Município volta a associar-se ao ciclo de conferências “Alterações Climáticas - Quo Vadis, Lourinhã?”, promovido pela CeifaCoop

12 março, 2021

O Município da Lourinhã volta a associar-se ao ciclo de conferências “Alterações Climáticas - Quo Vadis, Lourinhã?”, promovido pela CeifaCoop, que decorre a 22 de março, das 17h30 às 19h30, com uma sessão dedicada às “Alterações Climáticas e Diretos Humanos”, que tem por objetivo estimular o público a pensar globalmente nas causas e consequências das alterações climáticas, mas também sublinhar a dimensão ética do problema.

Nesta, que será a última conferência do ciclo, para além dos habituais intervenientes, estarão presentes o Presidente da Câmara Municipal da Lourinhã, João Duarte Carvalho e Inês Teles, do movimento Climáximo.

Para fechar o evento, será apresentado um projeto comunitário local que pretende contribuir para combater as causas e mitigar os efeitos das alterações climáticas.

O evento será realizado em formato de webinar, via plataforma Zoom, com participação gratuita, mas inscrição obrigatória.

O formulário para inscrição está disponível no site da CEIFAcoop, em www.ceifacoop.pt.

Sobre o ciclo de conferências:

A CEIFAcoop iniciou, em 2019, um ciclo de conferências sobre o tema “Alterações Climáticas – Quo vadis, Lourinhã?”. O primeiro evento (em outubro de 2019) abordou o tema “Energia”, o segundo (em fevereiro 2020) foi dedicado ao tema “Agricultura e Alimentação” e o terceiro (em setembro 2020) ao tema “Mobilidade e Clima”. As três conferências tiveram por objetivo evidenciar a relação entre as escolhas individuais e coletivas e os impactes que elas têm sobre as alterações climáticas, bem como mostrar o que os cidadãos e as autarquias podem fazer, a nível local, para evitar esses impactes.

Município volta a associar-se ao ciclo de conferências “Alterações Climáticas - Quo Vadis, Lourinhã?”, promovido pela CeifaCoop
Ambiente

Município da Lourinhã recebe Bandeira Verde ECO XXI

16 dezembro, 2020

A atribuição do Galardão Bandeira Verde ECO XXI aconteceu hoje, 16 de dezembro, em formato digital, numa cerimónia onde foram apresentados os resultados das candidaturas e anunciados os municípios galardoados.

Nesta edição de 2020, o Município da Lourinhã recebeu uma pontuação de 73%, a maior percentagem verificada nos últimos 5 anos, fruto do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelo Município, em prol da sustentabilidade e promoção de boas práticas de consciencialização ambiental.

Este é um programa implementado pela Associação Bandeira Azul da Europa, com o intuito de reconhecer as melhores práticas se sustentabilidade ao nível municipal, através da avaliação de uma série de indicadores nas áreas ambiental, social e económica.

Foram apresentadas 62 candidaturas provenientes de todas as regiões do país, com maior incidência nas regiões de Lisboa e Coimbra, tendo sido avaliadas em temas como: A Educação para a Sustentabilidade; Sustentabilidade em Zonas Balneares; Cidadania, Participação e Governança; Digitalização e Conectividade: Emprego; Cooperação com a Sociedade Civil; Certificação de Sistemas de Gestão; Ordenamento do Território; Conservação da Natureza ; Gestão e Conservação da Floresta; Qualidade do Ar e Ambiente Sonoro; Água Segura e Qualidade dos Serviços de Águas Prestados aos Utilizadores; Produção e Recolha Seletiva de Resíduos Urbanos; Valorização do Papel da Energia na Gestão Municipal; Mobilidade Sustentável; Agricultura e Desenvolvimento Rural Sustentável; Turismo Sustentável.

 

Município da Lourinhã recebe Bandeira Verde ECO XXI
Ambiente

Programa EcoValor 2020/2021 - divulgação das instituição a concurso

03 dezembro, 2020

Na sequência da divulgação do Programa Ecovalor 2020/2021, procederam à inscrição nos concursos No Amarelo é que está a dar! e No Azul é que está a dar! cerca de 21 instituições do concelho da Lourinhã.

O Ecovalor decorre em parceria com os 19 municípios da área de intervenção da Valorsul com o objetivo de ter as escolas e as instituições instituições de solidariedade social na linha da frente da separação de materiais recicláveis. Neste programa a reciclagem tem duplo valor. Os materiais recicláveis voltam ao ciclo de produção e transformam-se em matéria prima e as escolas e instituições são premiadas pelo seu bom desempenho ambiental. Para tal, os participantes terão acesso a ações de sensibilização, visitas à Valorsul e a prémios que poderão ir até 1000 euros. Estes prémios são atribuídos, no concurso “Separa e Ganha”, aos estabelecimentos de ensino ou IPSS pela separação de plástico & metal e de papel & cartão e distinguirá as que mais quantidade separarem, em cada município. (Fonte http://www.valorsul.pt/pt/seccao/educacao-ambiental/programa-ecovalor/)

As entidades participantes são:

No Amarelo É Que Está A Dar:

9ª Edição Concurso inter-escolas, entidades participantes:

• Agrupamento de Escolas D. Lourenço Vicente

- Escola EB Dr. João das Regras

- Escola EB Ribamar

- Escola EB Lourinhã

- Escola EB Vimeiro

• Agrupamento de Escolas da Lourinhã

- Escola Secundária Dr. João Manuel da Costa Delgado

• ADAPECIL

• Casa do Povo Concelho Lourinhã - Jardim de Infância da Marteleira e Creche "O Principezinho"

• Centro Social e Cultural de Ribamar – Creche, OTL e CATL

• Santa Casa da Misericórdia da Lourinhã - Creche, JI e CATL

4º Edição Concurso Associações / IPSS

• Associação Cultural, Desportiva e Recreativa do Reguengo Grande

• Associação Nós Por Ká

• Associação Social, Cultural e Humanitária da Atalaia

 
No Azul É Que Está A Dar:

6ª Edição Concurso inter-escolas

• Agrupamento de Escolas D. Lourenço Vicente
- Escola EB Dr. João das Regras
Ecoponto: 1 – Avenida Angola, Lourinhã, Lourinhã (entrada principal da escola)
2 – Rua Engenheiro Adelino Amaro da Costa, Lourinhã (lateral da escola – junto ao Polidesportivo Municipal)

- Escola EB Lourinhã
Ecoponto: 1 - Rua António Maria Roque Delgado, Lourinhã (junto à entrada para o jardim de infância)
2- Rua dos Bombeiros Voluntários, Lourinhã (junto à entrada para o centro comercial - entrada principal da escola)
Contentor papelão azul CML: - junto ao refeitório escolar

- Escola EB Ribamar
Ecoponto: Rua da Bela Vista, Ribamar (lateral da escola)

- Escola EB Vimeiro
Ecoponto: Bairro da Escola, Vimeiro

• Agrupamento de Escolas da Lourinhã
- Escola EB Atalaia
Ecoponto: Estrada Nossa Senhora da Guia, Atalaia (imediações da Igreja)

- Escola EB Cabeça Gorda
Ecopontos: 1 – Avenida da Liberdade, Cabeça Gorda (junto à Escola e Associação)
2 – Rua do Poço Lareto, Cabeça Gorda (junto à escola e traseiras do Lar)

- Escola EB Dr. Afonso Rodrigues Pereira
Ecoponto: 1 - Rua dos Moinhos, Miragaia (frente à escola)
2 - Rua de São Bento, Miragaia

- Escola EB Marteleira
Ecoponto: 1 - Avenida 1º Janeiro, Marteleira (na proximidade da escola);
2 – Largo dos Muratos, Marteleira (centro da Marteleira, perto da Igreja)

- Escola EB Moita dos Ferreiros
Ecoponto: 1 - Estrada Nacional 361, Moita dos Ferreiros (junto à escola)
2 - Rua 13 Maio, Moita dos Ferreiros (junto à Junta de Freguesia da Moita dos Ferreiros)

- Escola EB Salvador Leonardo Ferreira
Ecopontos: 1 - Rua da Fonte, São Bartolomeu dos Galegos (junto à Associação)
2 – Rua dos Combatentes, São Bartolomeu dos Galegos

- Escola Secundária Dr. João Manuel da Costa Delgado
Ecoponto: Rua de Vale de Geões, Lourinhã (junto à escola)

• ADAPECIL
Ecoponto: Rua Rainha D. Leonor, Lourinhã (junto à ADAPECIL)

• Casa do Povo Concelho Lourinhã - Jardim de Infância da Marteleira e Creche "O Principezinho"
Ecopontos: 1 - Rua do Paraíso, Marteleira (junto ao jardim de infância e piscinas)
2 – Rua João das Regras, n.º 2, Lourinhã (junto à creche)

• Centro Social e Cultural de Ribamar – Creche, OTL e CATL
Ecopontos: 1 - Rua de Porto Dinheiro, Ribamar (traseiras do CSCR)
2 – Rua da Alegria (junto à Louricoop e Mercado Municipal de Ribamar)
Contentor papelão (CML) 3 – Rua Manuel Filipe Fonseca

• O Petiz – Associação Cultural e Educativa de Apoio à Criança
Ecopontos: 1 - Avenida de Angola (junto ao n.º 63);
2 - Rua António Pinheiro de Andrade (junto ao n.º 22).

• Santa Casa da Misericórdia da Lourinhã - Creche, JI e CATL
Ecoponto: Alameda Nossa Senhora dos Anjos, Lourinhã (junto à creche e jardim de infância)


4º Edição Concurso Associações / IPSS

• Associação Cultural, Desportiva e Recreativa do Reguengo Grande
Ecoponto: 1 – Largo do Chafariz, Reguengo Grande

• Associação Nós Por Ká
Ecoponto: 1 - Avenida António José do Vale, Praia da Areia Branca (frente ao estabelecimento Tásse Bem)
2 - Bairro da Cruz, Seixal (entrada do Bairro cruzamento com a Rua do Moinho).

• Associação Social, Cultural e Humanitária da Atalaia
Ecoponto: Estrada Nossa Senhora da Guia, nº 2, Atalaia (dentro do Lar e Centro Dia)

• Corpo Nacional de Escutas – Agrupamento n.º 489 Lourinhã
Ecopontos: 1 - Praça Coronel António Maria Baptista, Lourinhã (traseiras da Igreja Santo António)
2 - Alameda Nuno Brion, Lourinhã (lateral dos CTT)
• Grupo de Radioamadores da Lourinhã - GRAL
Ecoponto: Rua António Pinheiro de Andrade (frente ao lote 18), Lourinhã

Programa EcoValor 2020/2021 - divulgação das instituição a concurso
Ambiente

Balanço positivo no Programa Ecovalor 2020

05 junho, 2020

O Programa Ecovalor 2020 recolheu este ano 180 toneladas de resíduos recicláveis, no âmbito dos concursos “No azul é que está a dar!” e “No amarelo é que está a dar!”, promovidos pela Valorsul S.A. e dinamizados pelos serviços municipais.

Embora a quantidade de resíduos recicláveis recolhidos seja ligeiramente inferior à do ano passado, quando foram recolhidas 183 toneladas, os números deste ano são bastante positivos, tendo em conta a duração do programa que foi inferior à do ano anterior, dada a situação epidemiológica, tendo terminado a 30 de março por decisão da Valorsul S.A., quando o prazo de término era a 15 de maio de 2020.

No concurso “No azul é que está a dar!” participaram 24 escolas/instituições envolvendo 3870 alunos/utentes e foram recolhidos 115 095Kg de papel/cartão no concurso inter-escolas e no concurso geral. Já no concurso referente à recolha de plástico, “No amarelo é que está a dar!” participaram 22 escolas/instituições com o apoio de 3790 alunos/utentes e foram recolhidos 10 059 sacos, o equivalente a 65 383,50Kg.

Este é um programa que tem como principal objetivo sensibilizar a população para a importância da reciclagem, dirigindo-se a toda a comunidade, nomeadamente escolas, associações/ instituições, IPSS e agrupamentos de escuteiros.

Importa salientar que apenas recebem prémio em valor monetário as escolas/instituições que recolheram mais de 70 sacos, sendo garantido o certificado de participação.

Divulgação de resultados:

“No Azul é que está a dar!”

Associações e IPSS

5º Prémio: Associação Cultural, Desportiva e Recreativa do Reguengo Grande - 56,58€

4º Prémio: Associação Desenvolvimento de Miragaia - 59,04€

3º Prémio: Associação Social, Cultural e Humanitária da Atalaia (Lar e Centro de Dia) – 77,01€

2º Prémio: Associação Nós por Ká – 145,02€

1º Prémio: CNE – Agrupamento nº489 – Lourinhã – 500,00€

Concurso Inter-Escolas

19º Prémio: Escola Secundária Dr. João Manuel da Costa Delgado – 32,73€

18º Prémio: ADAPECIL – 57,54€

17º Prémio: Escola Básica do Seixal – 65,40€

16º Prémio: Escola Básica de Ribamar – 66,00€

15º Prémio: Escola Básica da Marteleira – 71,31€

14º Prémio: Escola Básica do Reguengo Grande – 72,57€

13º Prémio: Escola Básica da Atalaia – 78,03€

12º Prémio: Escola Básica do Vimeiro – 87,21€

11º Prémio: Escola Básica dos 2º e 3º ciclos Dr. Afonso Rodrigues Pereira – 96,09€

10º Prémio: Escola Básica dos 2º e 3º ciclos Dr. João das Regras – 105,03€

9º Prémio: Centro Social e Cultural de Ribamar – Creche, OTL, CATL – 133,56€

8º Prémio: Escola Básica da Moita dos Ferreiros – 143,34€

7º Prémio: Escola Básica Salvador Leonardo Ferreira – 175,56€

6º Prémio: Escola Básica da Praia da Areia Branca – 183,90€

5º Prémio: Santa Casa da Misericórdia da Lourinhã – Creche, JI e CATL – 213,78€

4º Prémio: Casa do Povo do Concelho da Lourinhã – JI e creche “O Principezinho” – 220,44€

3º Prémio: Escola Básica da Cabeça Gorda – 284,20€

2º Prémio: Escola Básica e Jardim de Infância da Lourinhã – 393,50€

1º Prémio: Escola Básica de Moledo – 500,00€

“No Amarelo é que está a dar!”

Associações e IPSS

5º Prémio: Associação Cultural, Desportiva e Recreativa do Reguengo Grande – 37,50€

4º Prémio: Associação Nós por Ká – 58,50€

3º Prémio: Associação Social, Cultural e Humanitária da Atalaia – 85,00€

2º Prémio: CNE – Agrupamento nº489 – Lourinhã – 114,50€

1º Prémio: Associação Desenvolvimento de Miragaia – 178,50€

Concurso Inter-Escolas

17º Prémio: Escola Básica do Seixal

16º Prémio: Escola Básica dos 2º e 3º ciclos Dr. João das Regras

15º Prémio: Escola Básica dos 2º e 3º ciclos Dr. Afonso Rodrigues Pereira

14º Prémio: Escola Básica da Atalaia

13º Prémio: ADAPECIL – 58,50€

12º Prémio: Escola Secundária Dr. João Manuel da Costa Delgado – 73,50€

11º Prémio: Centro Social e Cultural de Ribamar – Creche, OTL e CATL – 117,50€

10º Prémio: Escola Básica de Ribamar – 147,50€

9º Prémio: Escola Básica do Reguengo Grande – 150,00€

8º Prémio: Santa Casa da Misericórdia da Lourinhã – Creche, JI e CATL – 202,00€

6º Prémios: Casa do Povo do Concelho da Lourinhã – JI e Creche “O Principezinho” – 213,00€

Escola Básica da Lourinhã – 213,00€

5º Prémio: Escola Básica do Vimeiro – 431,00€

4º Prémio: Escola Básica da Moita dos Ferreiros – 702,00€

3º Prémio: Escola Básica da Cabeça Gorda – 1000,00€

2º Prémio: Escola Básica Salvador Leonardo Ferreira – 1000,00€

1º Prémio: Escola Básica do Moledo – 1000,00€

Balanço positivo no Programa Ecovalor 2020
Ambiente

Município assinala dia mundial do ambiente

04 junho, 2020

O Município da Lourinhã assinala hoje, 5 de junho, o dia mundial do ambiente, salientando a preocupação crescente com o tema.

No presente ano, não sendo possível a realização de atividades neste âmbito, dada a pandemia Covid-19 o município salienta as várias medidas que foram e vão sendo tomadas no sentido de reduzir a pegada ecológica no nosso concelho, nomeadamente, a aquisição de 7 veículos elétricos, a redução da fatura energética anual em 1 176 toneladas de CO2 e a recolha de cerca de mais de 180 toneladas de resíduos recicláveis no âmbito do Programa Ecovalor 2020.

A redução da fatura anual de energia está relacionada com a instalação de lâmpadas LED, alteração que resultará numa poupança de 325 mil euros, que se traduzem numa redução de emissão de 1 176 toneladas de dióxido de carbono para a atmosfera.

Finalmente, o programa Ecovalor 2020, que recolheu um total de 180 478, 50 toneladas de resíduos recicláveis. Este programa é dinamizado no âmbito das escolas/instituições levando a um grande envolvimento por parte das crianças e jovens do concelho e, consequentemente, das suas famílias.

Município assinala dia mundial do ambiente