Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility Ir para conteúdo

Notícias

Sem resultados a apresentar
Cultura

Município vai assinalar Bicentenário da Morte de Napoleão Bonaparte com calendário de atividades até agosto

03 março, 2021

No ano em que se comemora o Bicentenário da Morte de Napoleão Bonaparte, o Município da Lourinhã, através do Centro de Interpretação da Batalha do Vimeiro (CIBV), desenvolve uma agenda cultural no digital, dedicada à efeméride. As atividades vão decorrer exclusivamente no digital, através da página de Facebook do CIBV.

Napoleão Bonaparte morreu no dia 5 de maio de 1821, na ilha de Santa Helena e, neste ano de 2021, em Portugal e um pouco por toda a Europa, esta data está a ser assinalada através da realização de diversas iniciativas culturais. Neste âmbito, a Federação Europeia das Cidades Napoleónicas criou um logótipo específico para esta comemoração e o CIBV recebeu validação para a utilização do mesmo, associado ao seu programa de atividades.

O programa contempla, no dia 5 de maio, um apontamento musical, pelo Coro Municipal da Lourinhã que será publicado na página de facebook do CIBV e, no dia 7 de maio, terá lugar um escape game virtual, realizado com a empresa Enigma Box. Nesta modalidade de escape game, os participantes estarão em casa e cada equipa irá contactar com o seu avatar (elemento do organizador – game master) que vai estar dentro do CIBV e fará a exploração do espaço mediante as instruções da equipa. Esta atividade irá chamar-se “A Morte de Napoleão – Investigação Virtual”.

Para além disso, entre os meses de março e agosto, haverá pequenos apontamentos no digital, na rede Facebook do CIBV, em todos os dias 5, 15, 19 e 21 de cada mês. No dia 5 de cada mês serão publicados jogos que remetem para curiosidades sobre a vida e morte de Napoleão Bonaparte. O dia 15 remete para o nascimento de Napoleão e será o dia dedicado a atividades infanto-juvenis com a publicação de vídeos alusivos a ateliês didáticos, para os mais novos. O dia 19 remete para o número do regimento de Infantaria de Linha Portuguesa que o grupo de recriação histórica da Associação da Batalha do Vimeiro (AMBV) recria e será o dia dedicado à publicação de vídeos com os recriadores históricos da AMBV. O dia 21 remete para a Batalha do Vimeiro e, em todos os dias 21 de cada mês, haverá a publicação de um jogo alusivo à batalha, às invasões francesas e à recriação histórica. As publicações terminam no dia 21 de agosto de 2021, dia do 213º aniversário da Batalha do Vimeiro.

Município vai assinalar Bicentenário da Morte de Napoleão Bonaparte com calendário de atividades até agosto
Cultura

Biblioteca Municipal da Lourinhã, dá acesso gratuito a mais de 7000 publicações online através da Rede Intermunicipal das Bibliotecas do Oeste

12 fevereiro, 2021

Os utilizadores da Biblioteca Municipal da Lourinhã já podem usufruir do serviço Pressreader, plataforma digital que disponibiliza, gratuitamente, jornais e revistas online. O serviço inovador permite ao leitor ler instantaneamente, ou descarregar para ler mais tarde, mais de 7.000 publicações nacionais e estrangeiras.

A disponibilização do serviço de Pressreader é apoiada pela Comunidade Intermunicipal do Oeste, no âmbito da Candidatura Turismo de Portugal – “Be Taste and Feel Sustainable Oeste – Turismo Sustentável”.

Todos os interessados poderão utilizá-lo em qualquer uma das doze Bibliotecas do Oeste (através do hotspot nelas instalado) ou em qualquer local, desde que solicitem o pin de acesso que lhe corresponde enquanto utilizador inscrito numa dessas Bibliotecas. O acesso a esta plataforma digital em versão App para Android e iOS, assim como em versão Web, é feito através deste link.

Para o fazer deverão seguir os seguintes passos:

• Descarregar a aplicação Pressreader (Google Play Store - AQUI | App Store - AQUI)
• Clicar em “Entrar”, depois em “Bibliotecas e Grupos” e escolher “Biblioteca Municipal da Lourinhã”;
• Colocar as mesmas credenciais que utiliza para aceder ao catálogo online da Biblioteca Municipal da Lourinhã;
• Seguir as restantes instruções.

Caso já seja utilizador inscrito na Biblioteca Municipal da Lourinhã, mas não se recorde do número de leitor e/ou da palavra-passe, envie email com nome completo e morada para biblioteca@cm-lourinha.pt

A RIBO é composta pelas Bibliotecas dos Municípios do Oeste, nomeadamente, Alcobaça, Alenquer, Arruda dos Vinhos, Bombarral, Cadaval, Caldas da Rainha, Lourinhã, Nazaré, Óbidos, Peniche, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras.

Biblioteca Municipal da Lourinhã, dá acesso gratuito a mais de 7000 publicações online através da Rede Intermunicipal das Bibliotecas do Oeste
Cultura

Município promove 9ª edição do Festival Literário “Livros a Oeste”

05 fevereiro, 2021

Em 2021, o Município da Lourinhã volta a organizar o Festival Literário “Livros a Oeste”, que vai na sua 9ª edição. Dado o dado o atual período pandémico, o programa ainda se encontra em construção, mas está já definido o tema do Prémio Literário, integrado no Festival, que este ano será "Queres ouvir? Eu conto."

Sobre o Prémio Literário, o mesmo visa promover a escrita e premiar, anualmente, contos inéditos em português, escritos por alunos que frequentem escolas de Municípios do Oeste (Nazaré, Alcobaça, Caldas da Rainha, Óbidos, Peniche, Bombarral, Cadaval, Lourinhã, Torres Vedras, Alenquer, Sobral de Monte Agraço e Arruda dos Vinhos), dividindo-se nas categorias Alunos do 3º Ciclo e Alunos do Secundário, com atribuição de valores pecuniários de 200€ para o 1º prémio, 100€ para o 2º prémio e 50€ para o 3º prémio.

As propostas deverão ser enviadas até dia 31 de março de 2021, conforme regulamento que poderá ser consultado aqui.

Município promove 9ª edição do Festival Literário “Livros a Oeste”
Cultura

Vencedores dos Prémios Literários do Festival Literário Livros a Oeste

26 janeiro, 2021

“Livros a Oeste” é um Festival Literário realizado e organizado desde 2012, pela Câmara Municipal da Lourinhã, no qual os livros e as leituras estão no centro das atenções. Ao longo do evento, há iniciativas culturais para todas as idades, que conjugam conversas com autores, apresentação de livros e outras formas de expressão cultural.

Em 2015, foi criado o Prémio Literário, integrado no Festival, que visa promover a escrita e premiar, anualmente, contos inéditos em português, escritos por alunos que frequentem escolas de Municípios do Oeste (Nazaré, Alcobaça, Caldas da Rainha, Óbidos, Peniche, Bombarral, Cadaval, Lourinhã, Torres Vedras, Alenquer, Sobral de Monte Agraço e Arruda dos Vinhos). Este prémio divide-se nas categorias Alunos do 3º Ciclo e Alunos do Secundário, com valores pecuniários de 200€ para o 1º prémio, 100€ para o 2º prémio e 50€ para o 3º prémio.

Este ano, o Município da Lourinhã recebeu mais de 60 textos/contos, subordinados ao tema da edição, “Pegadas no Tempo”, sendo os vencedores de 2020:

Alunos do 3º ciclo:

1º lugar - Mateus de Oliveira Simões, sob o pseudónimo Édipo da Escola EB 2/3 Dom Luís de Ataíde em Peniche.

2º lugar - Francisco Barros Santos, pseudónimo Mário Gomes da Escola EB 2/3 Dr. João das Regras.

3º Lugar - Francisco Matias Batista Carvalho Sampaio, com o pseudónimo Lorenzo Von Matterhorn, da Escola EB 2/3 Dr. João das Regras.

Alunos do Secundário:

1º lugar - Diana Melo de Oliveira, adotou o pseudónimo Bárbara Miguel, frequenta a Escola secundária Dr. João Manuel da Costa Delgado da Lourinhã.

2º lugar - Vasco Moreira Santos Souto da Cruz, participou sob o pseudónimo Artur Átila, da Escola Secundária de Peniche.

3º lugar - Marta Miguel Antunes Simão, com o pseudónimo Sofia Alexandra da Escola secundária Dr. João Manuel da Costa Delgado da Lourinhã.

O Município congratula-se pela participação dos alunos das escolas do concelho e deixa os parabéns a vencedores e a participantes!

Vencedores dos Prémios Literários do Festival Literário Livros a Oeste
Cultura

Município da Lourinhã lança a primeira edição de um trabalho documental e artístico – C.A.S.A.L. - Compêndio Artístico Sobre A Lourinhã

11 dezembro, 2020

O Município da Lourinhã lançou um convite a dois artistas locais, Tiago Quintans (texto) e Rafael Malvar (fotografia), com o objetivo de criar uma narrativa documental sobre os comerciantes da “Rua Grande”.

Deste convite saiu o C.A.S.A.L - Compêndio Artístico Sobre a Lourinhã.

Como Compêndio que é pretende ser um epítome ou compilação de histórias poético-visuais que permitem enaltecer o passado, o presente e o futuro da Lourinhã através da Arte.

Como qualquer C.A.S.A.L requer uma relação saudável e de dedicação.

O C.A.S.A.L é uma dedicatória, nesta sua primeira edição, ao comércio tradicional da “Rua Grande”.

Estará brevemente disponível em vários locais, a edição física do C.A.S.A.L. , de distribuição gratuita, bem como em formato online no site do Município.

A par desta edição, uma parte deste trabalho documental estará exposta no “Sitio da Rua” uma galeria a céu aberto, parede exterior do edifício em frente ao Museu da Lourinhã.

Município da Lourinhã lança a primeira edição de um trabalho documental e artístico – C.A.S.A.L. - Compêndio Artístico Sobre A Lourinhã