Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility Ir para conteúdo

Notícias

Sem resultados a apresentar
Covid 19

Aviso - Alunos da Escola Básica Dr João das Regras

19 setembro, 2021
 
Alunos da Escola Básica Dr. João das Regras 
 
Informam-se os alunos e encarregados de educação que, devido à necessidade de isolamento de 12 Assistentes Operacionais da Escola Básica Dr. João das Regras, não existem condições para abertura da Escola para as atividades letivas, pelo menos no dia de amanhã, 20 de Setembro, segunda-feira
 
As atividades letivas serão retomadas assim que existirem condições, devendo os alunos e encarregados de educação estar atentos à informação que for colocada na página eletrónica do agrupamento ou enviada pelos respetivos diretores de turma
 
Mais se informa que a Direção do Agrupamento está em contacto com a autoridade de saúde local para os procedimentos considerados necessários, incluindo o inquérito epidemiológico para as situações que se vierem a detetar. 
 
Reforça - se ainda mais para a necessidade de utilização de máscara e de distanciamento social para evitar contágios (em especial em momentos de almoço) pois, apesar da vacinação já abranger a esmagadora maioria dos adultos e de muitos jovens, continuam a existir infeções e contágios que urge controlar.
 
Lourinhã, 19 de Setembro de 2021
O Diretor do Agrupamento
Pedro Damião 
Aviso - Alunos da Escola Básica Dr João das Regras
Município

Comunicado | Aviso prévio de greve - Transportes coletivos

17 setembro, 2021

Considerando o aviso prévio de greve das entidades signatárias – Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações, Sindicato dos Trabalhadores dos Transportes e Sindicato Nacional dos Motoristas, marcada para os dias 20 de setembro e 1 de outubro, poderão ocorrer, nesses dias, eventuais constrangimentos ao nível da oferta de transportes coletivos, nomeadamente do serviço de transporte escolar.

Esta é uma situação totalmente alheia à esfera de decisão do Município.

Comunicados Câmara Lourinhã
OesteCim

Projeto Oeste + Igual, EEA Grants | Inquérito Digital de Autodiagnóstico dirigido a Professores e Educadores da Região Oeste

15 setembro, 2021

Já conhece o Projeto Oeste + Igual?

Trata-se de um projeto-piloto na implementação das políticas e boas-práticas nas áreas da Igualdade de Género e da Conciliação da Vida Profissional, Familiar e Pessoal na Região Oeste.

Se é Professor ou Educador na Região Oeste, responda ao Inquérito Digital e contribua para melhorar a Igualdade no Oeste.

Participe aqui.

 Projeto Oeste + Igual, EEA Grants | Inquérito Digital de Autodiagnóstico dirigido a Professores e Educadores da Região Oeste
Educação

Município da Lourinhã abre prazo para candidatura a bolsas de estudo para alunos do ensino superior

14 setembro, 2021

Para o corrente ano letivo 2021-2022, o Município da Lourinhã volta a atribuir bolsas de estudo a alunos do concelho, para apoio ao ingresso ou à continuidade dos estudos no Ensino Superior. Estes apoios traduzem-se na atribuição de uma prestação pecuniária, de valor variável, aos estudantes do ensino superior, tendo por base os critérios estabelecidos no regulamento para atribuição de apoios a estratos sociais desfavorecidos.

As candidaturas decorrem até 2 de novembro, podendo os candidatos remeter a documentação por correio registado com aviso de receção ou, presencialmente, no Balcão do Munícipe da Câmara Municipal da Lourinhã.

Documentos:

  1. Requerimento disponível no Balcão do Munícipe ou em https://portaldomunicipe.cm-lourinha.pt/2397/bolsas-de-estudo
  2. Documentos de identificação (cartão de cidadão ou bilhete de identidade ou boletim de nascimento) dos membros do agregado familiar;
  3. Cartão de cidadão ou cartão de contribuinte do candidato;
  4. Declaração comprovativa (I.R.S.) dos rendimentos ilíquidos auferidos pelo agregado familiar, no ano civil anterior ao da candidatura, ou declaração de isenção, emitida pela repartição de finanças, se for o caso;
  5. Comprovativo dos encargos (anuais) de renda de casa;
  6. Certidão de incapacidade para o trabalho respeitante aos elementos do agregado familiar nessa situação;
  7. Em caso de desemprego de qualquer dos elementos do agregado familiar, deve ser apresentada declaração demonstrativa, emitida pela entidade competente, na qual conste o montante do subsídio, bem como indicação do início e do fim dessa situação;
  8. Atestado de residência emitido pela Junta de Freguesia da área de residência, onde conste a composição do agregado familiar;
  9. Certificado de matrícula ou comprovativo de admissão ao curso;
  10. Certificado de aproveitamento escolar, no ano em que foi contemplado com apoio municipal, se for o caso;
  11. Termo de responsabilidade

Mais informações em educação@cm-lourinha.pt .

Bolsas de Estudo - Lourinhã
Proteção Civil

Alerta - Condições meteorológicas adversas - Precipitação e Vento

12 setembro, 2021

De acordo com a informação disponibilizada pelo IPMA, para as próximas 48 horas, destaca-se a previsão de precipitação sob a forma de aguaceiros por vezes fortes, em especial na região Litoral Centro e Sul, a prolongar-se até ao final de terça-feira, realçando-se os seguintes aspetos:

Amanhã 13 de setembro de 2021 - segunda-feira

  • Aguaceiros, por vezes fortes e acompanhados de trovoada em especial no litoral oeste e Algarve, estendendo-se gradualmente às restantes regiões a partir da tarde;
  • Probabilidade de fenómenos extremos de vento, associados à convectividade;
  • Vento fraco a moderado (até 30 km/h) do quadrante sul, soprando moderado a forte (30 a 45 km/h) nas terras altas, em especial do Centro e Sul, por vezes com rajadas até 80 km/h.

Depois de amanhã 14 de setembro de 2021 - terça-feira

  • Aguaceiros, por vezes fortes, acompanhados de trovoada, granizo e rajadas de vento forte.
  • Vento fraco a moderado (até 30 km/h) do quadrante sul, soprando moderado a forte (30 a 40 km/h) nas terras altas do Centro e Sul.
  • Descida da temperatura máxima.

Situação Hidrológica:

Face às previsões de precipitação forte e persistente nas regiões acima mencionadas, poderão ocorrer cheias e inundações nas áreas urbanas mais impermeabilizadas, com destaque para a área metropolitana de Lisboa e para a cidade de Setúbal, existindo ainda o risco de subida da altura dos rios e ribeiras do Algarve, com os subsequentes problemas de inundações nas zonas urbanas e mais impermeabilizadas desta região do país. Há que tomar especial atenção à eventual conjugação dos picos de precipitação com as horas previstas para a preia-mar:

Amanhã 13 de setembro de 2021 - segunda-feira

· Cascais – 07h46 (3,0 metros) e 20h21 (2,9 metros);

· Faro – Olhão – 07h49 (3,0 metros) e 20h25 (2,8 metros);

· Lisboa – 08h32 (3,3 metros) e 21h06 (3,2 metros);

· Setúbal – 08h10 (3,0 metros) e 20h42 (2,9 metros).

Efeitos expectáveis

Em função das condições meteorológicas presentes e previstas é expectável:

  • Piso rodoviário escorregadio por eventual formação de lençóis de água;
  • Possibilidade de cheias rápidas em meio urbano, por acumulação de águas pluviais ou insuficiências dos sistemas de drenagem;
  • Possibilidade de inundação por transbordo de linhas de água nas zonas historicamente mais vulneráveis;
  • Inundações de estruturas urbanas subterrâneas com deficiências de drenagem;
  • Dificuldades de drenagem em sistemas urbanos, nomeadamente as verificadas em períodos de preia-mar, podendo causar inundações nos locais historicamente mais vulneráveis;
  • Danos em estruturas montadas ou suspensas;
  • Possibilidade de queda de ramos ou árvores, bem como de afetação de infraestruturas associadas às redes de comunicações e energia;
  • Fenómenos geomorfológicos causados por instabilização de vertentes associados à saturação dos solos, pela perda da sua consistência;
  • Possíveis acidentes na orla costeira;
  • Desconforto térmico na população pela conjugação da temperatura mínima baixa e do vento, nomeadamente nas terras altas.

Medidas de autoproteção

A ANEPC recomenda à população a tomada das necessárias medidas de prevenção, nomeadamente:

  • Garantir a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento das águas;
  • Adotar uma condução defensiva, reduzindo a velocidade;
  • Não atravessar zonas inundadas, de modo a precaver o arrastamento de pessoas ou viaturas para buracos no pavimento ou caixas de esgoto abertas
  • Ter especial cuidado na circulação e permanência junto de áreas arborizadas, estando atento para a possibilidade de queda de ramos ou árvores, em locais de vento mais forte;
  • Ter especial cuidado com a fixação das estruturas temporárias (tendas) que se encontrem montadas para apoio à situação pandémica;
  • Ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas historicamente mais vulneráveis a estes fenómenos;
  • Proceder à remoção de máquinas e alfaias agrícolas, bem como de animais das zonas ribeirinhas historicamente mais vulneráveis a fenómenos de alagamentos e inundações
  • Prestar atenção aos grupos mais vulneráveis (crianças nos primeiros anos de vida, doentes crónicos, pessoas idosas ou em condição de maior isolamento, trabalhadores que exerçam atividade no exterior e pessoas sem abrigo);
  • Estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.

 

O Serviço Municipal de Proteção Civil da Lourinhã encontra-se disponível 24h/dia, através dos seguintes contactos:

Gabinete de Prevenção e Trânsito Tel: 261 410149 Fax: 261 410108 | Tel: 918539641 (24 h)

 Gabinete Técnico Florestal Tel: 261 410149 | Fax: 261 410108 |Tel: 916156297 (24 h)

Logotipo Proteção Civil Lourinhã
Assuntos Sociais

Ginástica Sénior de volta à Lourinhã

11 setembro, 2021

As inscrições são gratuitas, e podem ser formalizadas nas Associações aderentes ou através do e-mail e do telefone dos serviços de Desporto da Câmara Municipal da Lourinhã.

 

As atividades desportivas realizar-se-ão em cada Núcleo/Associação, com um número mínimo de dez inscritos, duas vezes por semana, sempre sujeitas à aplicação das medidas de contenção da pandemia, emanadas pela Direção Geral da Saúde.

 

A edição 2021/2022 do projeto Ginástica Sénior terá a duração de 7 meses, terminando a 29 de junho.

 

Mais informações através do e-mail desporto@cm-lourinha.pt ou do nº de telefone 261 410 112.

Ginastica Senior 2021
Saúde

Portal do Utente do Centro Hospitalar do Oeste possibilita marcação de consultas online

09 setembro, 2021

O Centro Hospitalar do Oeste lançou, em 2020, uma plataforma online, onde disponibiliza um conjunto de funcionalidades com o objetivo de aproximar, facilitar e poupar tempo ao Utente, quando este necessita de interagir com o CHOeste.

O Utente poderá aceder ao portal através de um computador, smartphone e tablet, de forma segura e personalizada, facilitando a comunicação com o hospital.

Funcionalidades:

  • Pedidos de marcação de consultas subsequentes;
  • Consultar agendamento de consultas, exames e tratamentos;
  • Consultar o histórico;
  • Efetuar pedidos de informação clínica;
  • Responder a questionários de satisfação

Para utilizar o Portal do Utente do CHOeste é necessário efetuar o registo com o cartão do cidadão ou com o número de Utente do Serviço Nacional de Saúde e escolher uma palavra-passe (password). Mais informações disponíveis no e-mail balcaounico@choeste.min-saude.pt e na linha de apoio telefónico, através do nº 261 319 300, a funcionar todos os dias úteis, das 09h às 17h.

Recorde-se que o Portal do Utente integra um conjunto de iniciativas de modernização do CHOeste, no âmbito do Projeto MA@CHO (Modernização Administrativa do Centro Hospitalar do Oeste), financiado com fundos estruturais, que visa contribuir para centrar cada vez mais no doente a atividade do Centro Hospitalar. Paralelamente, pretende melhorar a qualidade dos serviços prestados, aumentar a eficiência e rentabilizar os recursos disponíveis, otimizando o aproveitamento da oferta de serviços.

O Centro Hospitalar do Oeste integra os hospitais de Caldas da Rainha, Torres Vedras e Peniche, tendo uma área de influência constituída pelas populações dos concelhos de Caldas da Rainha, Óbidos, Peniche, Bombarral, Torres Vedras, Cadaval e Lourinhã e de parte dos concelhos de Alcobaça e de Mafra, servindo mais de 292 mil pessoas.

Portal do Utente do Centro Hospitalar do Oeste
Turismo

Quinzena Gastronómica da Aguardente DOC Lourinhã  regressa  de 11 a 21 de novembro à Lourinhã  

06 setembro, 2021

A Quinzena Gastronómica da Aguardente DOC Lourinhã  regressa  de 11 a 21 de novembro à Lourinhã  e todos os estabelecimentos de restauração e bebidas localizados na Região Demarcada estão convidados a participar com uma entrada, prato principal, uma sobremesa  ou até um cocktail, onde a Aguardente DOC Lourinhã  seja o ingrediente principal.

Este evento teve início em 2012, no âmbito das comemorações do 20.º aniversário da Região Demarcada da Aguardente com Denominação de Origem Controlada (DOC) “Lourinhã”, sendo mais uma forma de homenagear o ex-líbris da nossa região. 

Nesta Quinzena Gastronómica participam estabelecimentos do concelho e também da região demarcada – que compreende as freguesias do concelho de Lourinhã e algumas freguesias dos concelhos de Peniche, Óbidos, Bombarral e Torres Vedras – aceitando o desafio de criar entradas, pratos e/ou sobremesas com este produto de excelência.

Para celebrar a 10.ª Quinzena Gastronómica da Aguardente DOC Lourinhã, esta edição terá como tema “Edição Restaurantes e Bares” e contará também com o convite a estabelecimentos de bebidas para que participem e apresentem sugestões de cocktails preparados com Aguardente DOC Lourinhã, dando a conhecer mais uma vertente deste produto tão especial, para além das confeções gastronómicas e sobremesas.

Acontecendo no período de época baixa, no contexto turístico da região, traduz-se numa oportunidade de descoberta do território, através da gastronomia, criando possibilidades de negócio e de promoção dos espaços ligados a este sector. 

Comunique a sua intenção de participação na 10.ª Quinzena Gastronómica da Aguardente DOC Lourinhã  até dia 20 de setembro, através do email turismo@cm-lourinha.pt ou do nº de telefone 261 410 183. Contamos consigo!

 

Consulte o normativo e a ficha de inscrição.

Quinzena Gastronómica da Aguardente DOC Lourinhã  regressa  de 11 a 21 de novembro à Lourinhã  
OesteCim

Comunidade Intermunicipal do Oeste abre procedimento concursal na carreira/categoria de Bombeiro Sapador

03 setembro, 2021

A Comunidade Intermunicipal do Oeste abriu um procedimento concursal com vista a preencher 14 postos de trabalho em regime de contrato de trabalho em funções públicas a termo resolutivo incerto, para a carreira/categoria de Bombeiro Sapador.

Os candidatos a Bombeiros Sapadores Florestais do Oeste irão desenvolver ações de silvicultura, de manutenção de proteção de povoamentos florestais, ações de manutenção e beneficiação de infraestruturas de defesa da floresta e de apoio à gestão florestal, ações de sensibilização, de vigilância, apoio ao combate e a operações de rescaldo e vigilância ativa pós-rescaldo, ações de instalação e manutenção de rede primária e secundária da defesa da floresta contra incêndios, ações de combate a incêndios rurais e de recuperação de áreas ardidas e estabilização de emergência, e outras ações especializadas no âmbito da gestão florestal.

Os interessados deverão ter como requisitos específicos o 12.º ano de escolaridade e idade inferior a 25 anos, completados no ano de abertura do concurso, podendo excecionalmente ser dispensado o requisito relativo à idade para os trabalhadores que se encontrem a exercer funções correspondentes ao conteúdo funcional.

As candidaturas deverão ser dirigidas ao Presidente do Júri e formalizadas através do preenchimento de formulário, disponibilizado na página eletrónica da OesteCIM, www.oestecim.pt, sendo remetidas através do correio eletrónico recrutamento@oestecim.pt ou remetidas através de correio.

Mais informações em https://bit.ly/procedimento-concursal-bombeiro-sapador-oeste

 

procedimento concursal na carreira/categoria de Bombeiro Sapador
Orçamento Participativo da Lourinhã

Apurados os projetos para execução do Orçamento Participativo da Lourinhã

01 setembro, 2021

Terminou ontem o período de votação dos 18 projetos concorrentes à 7ª Edição do Orçamento Participativo da Lourinhã (OPL), tendo sido apurados os seguintes resultados:

Patamar de 1 € a 10.000€ » Projeto nº 10 “O fascinante mundo das Borboletas na Lourinhã”, com  174 votos;

Patamar de 15.001€ a 20.000€ » Projeto nº 7 “Arranjo exterior confinante com a Rua da Bela Vista”, com 600 votos;

Patamar associativo: 1€ a 30.000€ » Projeto nº 17 +Planalto”, com 693 votos.

Face ao atual contexto de pandemia, as ações presenciais de divulgação e esclarecimento do OPL, habitualmente promovidas pela autarquia, não tiveram lugar, o que não se refletiu na adesão dos votantes a este processo participativo, tendo sido registados 3771 votos totais, mais 903 do que no ano anterior. Para este aumento, muito contribuíram as ações de divulgação desenvolvidas pelos proponentes ao longo de todo o processo.

Sobre os projetos apurados, o projeto nº 10 “O fascinante mundo das Borboletas na Lourinhã”, foi pensado para as crianças em ambiente escolar, para os jovens e adultos, como forma de realçar a importância das questões ambientais, onde através da formação e informação pretende-se leva-los a viajar pela natureza, respeitando o meio ambiente e entrar no fascinante mundo das Borboletas. Abrange todo o território do concelho e tem um valor de execução de 9670 €. O projeto nº 7 “Arranjo exterior confinante com a Rua da Bela Vista”, pretende que este local do Lugar da Areia Branca seja reorganizado, promovendo uma zona verde e equipamentos de ginástica de manutenção e baloiço, tendo um valor de execução de 20.000€. Finalmente, o projeto nº 17 (+Planalto), pretende ser um projeto de estudo, requalificação e preservação do património e recursos naturais do Planalto das Cesaredas, para toda a comunidade, tendo o valor de execução de 30.000€.

O Orçamento Participativo é uma ferramenta que potencia a transparência da gestão das instituições públicas, mas também promover uma cidadania ativa junto dos cidadãos. Deste modo, o Orçamento Participativo da Lourinhã (OPL) pretende promover a participação da população nas decisões estratégicas do município e na gestão de parte dos recursos públicos disponíveis.

Mais informações em https://orcamentoparticipativo.cm-lourinha.pt/

Logotipo OPL
Turismo

Associação de Municípios Portugueses do Vinho lança portal e livro dedicados ao enoturismo

25 agosto, 2021

A Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV) em parceria com a Associação das Rotas dos Vinhos de Portugal (ARVP), criou o portal Enoturismo.pt.

Este portal pretende constituir-se como a maior plataforma nacional e europeia de enoturismo, apresentando a oferta enoturistica nacional, de forma estruturada e integrada, com vista à sua promoção junto de todos os interessados.

Também este ano, lançou uma nova publicação do livro “Territórios Vinhateiros, Olivícolas e Corticeiros de Portugal”, pretendendo destacar a riqueza e diversidade dos territórios de cada um dos municípios associados.  O livro contem informação de todos os municípios e de todas as regiões vitivinícolas de Portugal, incluindo a Lourinhã.

Cada município que integra a edição, tem uma capa própria na qual está inserido o código QR da página do portal do Enoturismo.pt.

Estará brevemente à venda nos Postos de Turismo da Lourinhã e Praia da Areia Branca, Centro de Interpretação da Batalha do Vimeiro, bem como em livrarias, no site da AMPV e ARVP, ou ainda através da Revista de Vinhos.

O Municipio da Lourinhã é associado da AMPV e encontra-se representado no referido portal, promovendo o seu território e a oferta enoturistica.

Livro "Territórios Vinhateiros Olivícolas e Corticeiros de Portugal"
Assuntos Sociais

João Paulo Félix termina volta a Portugal na Praia da Areia Branca

24 agosto, 2021

Chegou ontem à Praia da Areia Branca o atleta João Paulo Félix, reconhecido por percorrer o país, a pedalar ou a correr, em defesa de causas sociais. Este ano, propos-se a alertar para a promoção dos Direitos das Crianças, em colaboração com a Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens (CNPDPCJ), num percurso que teve início e fim na Praia da Areia Branca e que passou por 80 municípios, em 2222kms percorridos.

Chegado à meta, juntamente com a madrinha da corrida, Aurora Cunha e grupos de atletas locais, João Paulo Félix entregou a Rosário Farmhouse, presidente da CNPDPCJ,  o Passaporte dos Direitos da Criança, onde constam 92 carimbos das Comissões de Proteção de Crianças e Jovens que se associaram a esta iniciativa um pouco por todo o trajeto.

 

João Paulo Félix chega à Praia da Areia Branca