Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility Ir para conteúdo

Notícias

Sem resultados a apresentar
Obras e Urbanismo

Reabilitação integral do antigo edifício sede do município da Lourinhã

13 novembro, 2020

A 28 de outubro, o município iniciou a reabilitação integral do antigo edifício sede do município da Lourinhã, obra que se prevê durar 12 meses e que tem o custo previsto em contrato de 293.950,00 € (duzentos e noventa e três mil, novecentos e cinquenta Euros) sujeito a IVA de 6%.

Este edifício, propriedade do município, localiza-se no centro da vila, na Praça Marquês de Pombal e enquadra-se na estratégia municipal de revitalização e renovação do núcleo histórico. A intervenção visa, sobretudo, dois objetivos principais:

1. A reabilitação do edifício existente, de modo a corrigir as patologias identificadas;
2. A reformulação dos espaços interiores.

A obra de requalificação/beneficiação enquadra-se no Plano de Regeneração Urbana da Lourinhã (PARU), operação E3.P4 – Reabilitação do Antigo Edifício Sede do Município.
A proposta apresentada em Projeto de Execução pretende respeitar as características do edifício existente, valorizando todas as caraterísticas arquitetónicas do edifício e todos os elementos, quer interiores quer de fachada, que serão recuperados e mantidos, correspondendo grande parte da intervenção às obras de beneficiação/substituição de vãos exteriores por alumínio com melhores condições térmicas e acústicas respeitando a imagem existentes.
A cobertura será substituída na íntegra e haverá correção de anomalias/patologias verificadas na totalidade do edifício, especialmente nas paredes, pavimentos e tetos.

Foi também objeto deste processo a adaptação do edifício a pessoas com mobilidade condicionada, visto ser um equipamento utilizado pela população em geral. Esta intervenção em particular implicou a integração de uma plataforma elevatória que estabelecesse a relação entre os 3 pisos do edifício, bem como a introdução de uma unidade de instalações sanitárias acessíveis, equipadas com mecanismo de alarme, loiças sanitárias adequadas e área que permita dar cumprimento ao disposto no Decreto-Lei nº163/2006.

A utilização do edifício encontra-se afeta a serviços e este uso pretende manter-se sendo que haverá alteração aos que ali foram prestados, prevendo-se a instalação de um Núcleo de Desenvolvimento Económico Local, um Núcleo de Inserção Profissional, um Núcleo de Apoio ao Empresário Local e um Núcleo da Start Up, com o objetivo de melhor servir todos aqueles que recorrem a estes serviços.

Reabilitação integral do antigo edifício sede do município da Lourinhã
Obras e Urbanismo

Cerimónia simbólica da comemoração dos 20 anos de CCT apresenta as obras de requalificação do terminal rodoviário da Lourinhã

11 novembro, 2020

O Município da Lourinhã requalificou o Centro Coordenador de Transportes, polo central das deslocações de autocarros públicos no Concelho da Lourinhã, numa empreitada que durou 90 dias, fundamental para a qualidade de vida dos Lourinhanenses e um cartão de visita para visitantes.

Numa visita realizada hoje pelo executivo municipal, o presidente da União de Freguesias de Lourinhã e Atalaia, os responsáveis das transportadoras - Rodoviária do Tejo e Barraqueiro Oeste - e o empreiteiro responsável pela obra, o Presidente da Câmara Municipal lembrou que o equipamento coletivo voltou a estar em pleno funcionamento a 14 de setembro, após uma renovação suportada integralmente pela autarquia.

O edifício, construído no início da década de 90, apresentava uma maior degradação na estrutura metálica, em consequência da forte exposição marítima da zona, bem como nas fachadas, onde se observavam zonas de vandalismo. No seu interior verificavam-se fungos nas paredes e zonas fissuradas, estando as infraestruturas obsoletas.

Os trabalhos realizados, no valor global de 153.000€, incidiram em:

- Conservação da fachada exterior
- Limpeza com produtos antifúngico
- Tratamento de fissuras e posterior pintura das mesmas.
- Reparação de toda a estrutura metálica

Nas zonas em grande estado de degradação e oxidação, foi realizada a decapagem e aplicadas resinas e pinturas, que aumentam a durabilidade. Outros elementos metálicos foram substituídos por elementos galvanizados.

A cobertura dos edifícios e telheiro foram substituídas por chapas caneladas e galvanizadas, tendo sido aplicados 80 painéis fotovoltaicos com potência fotovoltaica de 21.6 kWp.

No interior, os trabalhos consistiram na reparação de fissuras e pinturas de paredes e tetos, substituição de rodapés, tratamento e pintura de carpintarias, restruturação do sistema de eletricidade e colocação de iluminação de tecnologia LED, restruturação do Sistema de Segurança contra Risco de Incêndio, bem como a requalificação de bilheteiras.

A autarquia considera este um investimento fundamental, que recuperou a capacidade funcional do Centro Coordenador de Transportes, atendendo às necessidades de todos e oferecendo a segurança necessária aos utilizadores diários.

Cerimónia simbólica da comemoração dos 20 anos de CCT apresenta as obras de requalificação do terminal rodoviário da Lourinhã
Educação

Conferência Dependência do Digital decorreu a 28 de outubro, na página de Facebook do município

31 outubro, 2020

No âmbito do Plano Integrador e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar do Oeste (PIICIEO) “Aluno ao Centro” o município promoveu uma conferência que visou reforçar uma maior proximidade entre a família e a escola, realizada em formato online, através da plataforma zoom e em direto no facebook do Município da Lourinhã, pela oradora, Ivone Patrão, Psicóloga Clínica e Colaboradora no NUPI (Núcleo Utilização Problemática da Internet), detentora de uma vasta experiência profissional na área das dependências digitais.

A conferência intitulada Dependência do Digital integrou o ciclo “Olhares sobre…as crianças, os adolescentes e as famílias” e proporcionou aos participantes a partilha de experiências e a colocação de dúvidas relativas ao tema.

Esta primeira conferência reflete um tema atual, que preocupa muitas famílias que o veem como um problema presente na vida dos jovens. Este momento de partilha pretendeu abordar não só o estudo realizado na comunidade educativa da Lourinhã, relativo aos comportamentos de utilização da internet, como também alertar para os perigos e dar algumas estratégias relativas ao tema.

A iniciativa contou com a participação de cerca de 75 pessoas em tempo real, entre elas, encarregados de educação, docentes, educadores de infância, técnicos e assistentes operacionais.
Neste momento, o vídeo encontra-se disponível na página de facebook do Município da Lourinhã e no grupo “Pegadas da Educação- Lourinhã”.
No decorrer desta iniciativa, o Programa Aluno ao Centro- Lourinhã dará continuidade a este tipo de conferências, sendo que a próxima decorrerá a 25 de novembro de 2020 e estará subordinada ao tema A leitura como uma porta aberta para o desenvolvimento da criança
Agradecemos a todos os que participaram. Contamos com todos nos debates que se seguem.

Conferência Dependência do Digital decorreu a 28 de outubro, na página de Facebook do município
Turismo

9ª Edição da Quinzena Gastronómica da Aguardente DOC Lourinhã

30 outubro, 2020

O ex-líbris da Lourinhã volta a marcar a agenda da região, num evento que chega dia 12 de novembro, a 17 restaurantes.

A 9ª edição da Quinzena Gastronómica da Aguardente DOC Lourinhã tem lugar de 12 a 22 de novembro. Dinamizada pela Câmara Municipal da Lourinhã, em parceria com os produtores Adega Cooperativa da Lourinhã e com vários estabelecimentos de restauração, a iniciativa tem o objetivo de, uma vez mais, promover aquela que é considerada uma das três melhores aguardentes a nível mundial.

A distinção DOC – Denominação de Origem Controlada – é atribuída às aguardentes que cumpram e apliquem o regulamento que estabelece as condições dos solos, as características de cultivo e de tecnologias de vinificação, conservação, destilação, envelhecimento e engarrafamento que devem ser seguidas para que a produção obtida possa usar a menção DOC “Lourinhã”, atribuída pela Comissão Vitivinícola Regional de Lisboa criada pela portaria 739/2008.

À semelhança dos anos anteriores, a Aguardente DOC Lourinhã volta a ser o elemento de destaque de um diverso rol de pratos gastronómicos criados especialmente para o evento, que poderão ser degustados em 17 restaurantes aderentes da região demarcada.

Para entradas, podem ser apreciadas receitas clássicas como Gambas Flamejadas, Manteiga de azeitona e Mexilhão de cebolada. Existem também algumas opções mais arrojadas como Camarão de Moçambique ou Consommé de peixe, todas elas confecionadas com a aclamada bebida espirituosa da Lourinhã.

Seguindo para os pratos principais, e para aguçar o apetite de todos os visitantes, o cardápio da Quinzena Gastronómica da Aguardente DOC de 2020, conta com uma panóplia de receitas inovadoras, que vão desde Codorniz flamejada, Naco na telha, Caldeirada, Bife mignon adornado com molho do mar perfumado, passando pelo Camarão ao vapor com flor de sal e maionese de alho. Em todos estes pratos é possível encontrar o sabor diferenciador e característico da Aguardente DOC Lourinhã.

Para um final adocicado desta edição, serão também servidas sobremesas capazes de satisfazer os mais apurados paladares, entre as quais o Bolo Sakre com recheio de damasco, o Pudim de coco, Tarte Tatin de maçã reineta com gelado, Brownie de chocolate, Pera Rocha em caramelo salgado e ainda Yukimura Black and White. A inspiração destas receitas é centrada no sabor particular do ex-líbris da Lourinhã, a aguardente.

Além disso, para assinalar de forma original a quinzena gastronómica, o Município da Lourinhã desafiou a Wine on Ice, uma empresa de sorvetes cujo ingrediente principal são vinhos e gins portugueses, para criar um sorvete com a aguardente DOC Lourinhã. Formada por três jovens empreendedores, a Wine on Ice, ambiciona ser a marca de gelados alcoólicos de referência em Portugal tendo, por isso, estabelecido uma parceria com o Chef António Vieira que assina todos os gelados da marca.

A apresentação oficial do sorvete será a 12 de novembro, às 17h00, nas instalações da Adega Cooperativa da Lourinhã, e contará com a presença de João Torres - Secretário de Estado do Comércio, Serviços e Defesa do Consumidor. Devido ao panorama atual, o número de pessoas no evento será reduzido e mediante a apresentação de convite, contudo, o lançamento do sorvete será transmitido em direto no Facebook do Município da Lourinhã.

“É um orgulho para a região poder concretizar a 9ª Quinzena Gastronómica da Aguardente DOC Lourinhã. Apesar dos tempos atribulados que vivemos, não podíamos deixar de realizar esta iniciativa e divulgar aquilo de que a nossa região tem de melhor, sendo exemplo disso a nossa aguardente.”, refere João Serra, Vereador da Câmara Municipal da Lourinhã com o pelouro do Desenvolvimento Territorial.

“O sucesso que este evento tem revelado ao longo das suas edições comprova o quão importante é fazermos os esforços necessários para que tudo decorra em segurança, oferecendo aos visitantes pratos saborosos e originais que privilegiam o uso da Aguardente DOC Lourinhã, um produto de excelência apreciado em todo o mundo”, afirma o responsável pela iniciativa.

A 9ª edição da Quinzena Gastronómica da Aguardente DOC Lourinhã contará com a participação dos seguintes restaurantes: Alma Nova, Barracão do Petisco, Carlos dos Leitões, Castelo, Chico Neto, Novo Parque, O Zambujo, Os Severianos, Paraíso do Foz, Páteo Ibérico, Pizzaria da Praia, Pizza & Companhia, Pop’s Steak House, Terra à Terra, Vestigium, Vista Mar by Noiva do Mar e Yukimura Sushi Bar.

Sobre a Região Demarcada de Aguardente DOC Lourinhã:

A Região Demarcada de Aguardente Vínica de Qualidade com Denominação de Origem Controlada “Lourinhã” comemorou 28 anos em 2020 (foi criada a 7 de março de 1992) e é composta por cinco municípios (Lourinhã, Bombarral, Óbidos, Peniche e Torres Vedras). A Região, única em Portugal para a produção exclusiva de aguardentes vínicas, é uma das três regiões demarcadas da Europa.
Produtores de Aguardente DOC Lourinhã: Adega Cooperativa da Lourinhã e Quinta do Rol.

Aceda ao cartaz.
Conheça as ementas e atividades da Quinzena.

9ª Edição da Quinzena Gastronómica da Aguardente DOC Lourinhã
Município

Conheça as regras de acesso e permanência nos cemitérios, de 31 de out a 1 de nov

26 outubro, 2020

O município da Lourinhã informa que entre os dias 31 de outubro e 1 de novembro, o acesso e a permanência nos cemitérios municipais estará sujeita a regras específicas, definidas pela Direção Geral da Saúde:

1. Abertura condicionada nos dias 31/10 e 1/11, com fecho à hora do almoço (9H00 -13H00 e 14H00 – 17H00);

2. Limitação do número de pessoas de acordo com a legislação em vigor, calculada para cada um dos espaços;

3. Permanência no espaço interior pelo tempo estritamente necessário;

4. Existência de pessoal de apoio para vigilância de acessos, limitação do número de pessoas, verificação das medidas de etiqueta respiratória e desinfeção dos locais;

5. Proibida a utilização de utensílios, equipamentos e materiais de limpeza, casas de banho e disponibilização de água;

6. Proibição de venda de flores e outros artigos nas imediações do cemitério;

7. Limite de 2 pessoas por campa, exceto se forem coabitantes;

8. Obrigatório o uso de máscara, a desinfeção de mãos e o cumprimento do distanciamento social.

Serão enviados hoje planos de ação/contingência aos presidentes de Junta de Freguesia, na medida em que vários cemitérios têm gestão daquelas autarquias.

Conheça as regras de acesso e permanência nos cemitérios, de 31 de out a 1 de nov
Educação

Ano letivo 20/21 entra com novas medidas de mitigação da pandemia

17 setembro, 2020
A 18 de Setembro as escolas abrirão portas, com novas regras, temporárias e excecionais, decorrentes da pandemia por Covid-19.
 
Nas escolas públicas do concelho da Lourinhã estavam inscritos, até 15 de julho, 3372 alunos distribuídos pelos 2 agrupamentos, que terão aulas presenciais, sendo que, a qualquer momento, poderão passar para um modelo de ensino misto ou à distância, sempre por indicação da Autoridade Local de Saúde ou do Governo.
 
As principais medidas de mitigação da pandemia por Covid-19, que tiveram a colaboração da autarquia, foram as seguintes:
• Desfasamento de horários de entrada e saída dos alunos;• Intervalos desfasados e espaços de recreio distintos para separação de grupos;• Diferenciação nos horários de almoço e organização de espaços para permitir o distanciamento de segurança;• Colocação de sinaléticas para definição de circuitos, identificação de salas de isolamento, organização de refeitórios, bares, pavilhões, bibliotecas, secretarias e papelarias;• Colocação de dispensadores de gel desinfetante nas entradas dos estabelecimentos escolares e em todos os locais de maior passagem;• Barreiras físicas em acrílico nos balcões de atendimento;• Atualização e implementação de Planos de Higienização de acordo com as normas da DGS, formação às assistentes operacionais e distribuição de EPI’S;• Regras e procedimentos específicos para a prática de desporto escolar, utilização de bibliotecas e salas de informática;O investimento da autarquia nos equipamentos de proteção individual foi de 17.878,38€.
Aceda aos Planos de Contingência dos Agrupamentos de Escolas do concelho validados pela autoridade de saúde em:Agrupamentos Escolas Lourinhã
 
Calendário do ano letivo 2020/2021:

Ano letivo 20/21 entra com novas medidas de mitigação da pandemia
Ambiente

Balanço positivo no Programa Ecovalor 2020

05 junho, 2020

O Programa Ecovalor 2020 recolheu este ano 180 toneladas de resíduos recicláveis, no âmbito dos concursos “No azul é que está a dar!” e “No amarelo é que está a dar!”, promovidos pela Valorsul S.A. e dinamizados pelos serviços municipais.

Embora a quantidade de resíduos recicláveis recolhidos seja ligeiramente inferior à do ano passado, quando foram recolhidas 183 toneladas, os números deste ano são bastante positivos, tendo em conta a duração do programa que foi inferior à do ano anterior, dada a situação epidemiológica, tendo terminado a 30 de março por decisão da Valorsul S.A., quando o prazo de término era a 15 de maio de 2020.

No concurso “No azul é que está a dar!” participaram 24 escolas/instituições envolvendo 3870 alunos/utentes e foram recolhidos 115 095Kg de papel/cartão no concurso inter-escolas e no concurso geral. Já no concurso referente à recolha de plástico, “No amarelo é que está a dar!” participaram 22 escolas/instituições com o apoio de 3790 alunos/utentes e foram recolhidos 10 059 sacos, o equivalente a 65 383,50Kg.

Este é um programa que tem como principal objetivo sensibilizar a população para a importância da reciclagem, dirigindo-se a toda a comunidade, nomeadamente escolas, associações/ instituições, IPSS e agrupamentos de escuteiros.

Importa salientar que apenas recebem prémio em valor monetário as escolas/instituições que recolheram mais de 70 sacos, sendo garantido o certificado de participação.

Divulgação de resultados:

“No Azul é que está a dar!”

Associações e IPSS5º Prémio: Associação Cultural, Desportiva e Recreativa do Reguengo Grande - 56,58€4º Prémio: Associação Desenvolvimento de Miragaia - 59,04€3º Prémio: Associação Social, Cultural e Humanitária da Atalaia (Lar e Centro de Dia) – 77,01€2º Prémio: Associação Nós por Ká – 145,02€1º Prémio: CNE – Agrupamento nº489 – Lourinhã – 500,00€

Concurso Inter-Escolas19º Prémio: Escola Secundária Dr. João Manuel da Costa Delgado – 32,73€18º Prémio: ADAPECIL – 57,54€17º Prémio: Escola Básica do Seixal – 65,40€16º Prémio: Escola Básica de Ribamar – 66,00€15º Prémio: Escola Básica da Marteleira – 71,31€14º Prémio: Escola Básica do Reguengo Grande – 72,57€13º Prémio: Escola Básica da Atalaia – 78,03€12º Prémio: Escola Básica do Vimeiro – 87,21€11º Prémio: Escola Básica dos 2º e 3º ciclos Dr. Afonso Rodrigues Pereira – 96,09€10º Prémio: Escola Básica dos 2º e 3º ciclos Dr. João das Regras – 105,03€9º Prémio: Centro Social e Cultural de Ribamar – Creche, OTL, CATL – 133,56€8º Prémio: Escola Básica da Moita dos Ferreiros – 143,34€7º Prémio: Escola Básica Salvador Leonardo Ferreira – 175,56€6º Prémio: Escola Básica da Praia da Areia Branca – 183,90€5º Prémio: Santa Casa da Misericórdia da Lourinhã – Creche, JI e CATL – 213,78€4º Prémio: Casa do Povo do Concelho da Lourinhã – JI e creche “O Principezinho” – 220,44€3º Prémio: Escola Básica da Cabeça Gorda – 284,20€2º Prémio: Escola Básica e Jardim de Infância da Lourinhã – 393,50€1º Prémio: Escola Básica de Moledo – 500,00€

“No Amarelo é que está a dar!”

Associações e IPSS5º Prémio: Associação Cultural, Desportiva e Recreativa do Reguengo Grande – 37,50€4º Prémio: Associação Nós por Ká – 58,50€3º Prémio: Associação Social, Cultural e Humanitária da Atalaia – 85,00€2º Prémio: CNE – Agrupamento nº489 – Lourinhã – 114,50€1º Prémio: Associação Desenvolvimento de Miragaia – 178,50€

Concurso Inter-Escolas17º Prémio: Escola Básica do Seixal16º Prémio: Escola Básica dos 2º e 3º ciclos Dr. João das Regras15º Prémio: Escola Básica dos 2º e 3º ciclos Dr. Afonso Rodrigues Pereira14º Prémio: Escola Básica da Atalaia13º Prémio: ADAPECIL – 58,50€12º Prémio: Escola Secundária Dr. João Manuel da Costa Delgado – 73,50€11º Prémio: Centro Social e Cultural de Ribamar – Creche, OTL e CATL – 117,50€10º Prémio: Escola Básica de Ribamar – 147,50€9º Prémio: Escola Básica do Reguengo Grande – 150,00€8º Prémio: Santa Casa da Misericórdia da Lourinhã – Creche, JI e CATL – 202,00€6º Prémios: Casa do Povo do Concelho da Lourinhã – JI e Creche “O Principezinho” – 213,00€Escola Básica da Lourinhã – 213,00€5º Prémio: Escola Básica do Vimeiro – 431,00€4º Prémio: Escola Básica da Moita dos Ferreiros – 702,00€3º Prémio: Escola Básica da Cabeça Gorda – 1000,00€2º Prémio: Escola Básica Salvador Leonardo Ferreira – 1000,00€1º Prémio: Escola Básica do Moledo – 1000,00€

Balanço positivo no Programa Ecovalor 2020
Ambiente

Município assinala dia mundial do ambiente

04 junho, 2020

O Município da Lourinhã assinala hoje, 5 de junho, o dia mundial do ambiente, salientando a preocupação crescente com o tema.

No presente ano, não sendo possível a realização de atividades neste âmbito, dada a pandemia Covid-19 o município salienta as várias medidas que foram e vão sendo tomadas no sentido de reduzir a pegada ecológica no nosso concelho, nomeadamente, a aquisição de 7 veículos elétricos, a redução da fatura energética anual em 1 176 toneladas de CO2 e a recolha de cerca de mais de 180 toneladas de resíduos recicláveis no âmbito do Programa Ecovalor 2020.

A redução da fatura anual de energia está relacionada com a instalação de lâmpadas LED, alteração que resultará numa poupança de 325 mil euros, que se traduzem numa redução de emissão de 1 176 toneladas de dióxido de carbono para a atmosfera.

Finalmente, o programa Ecovalor 2020, que recolheu um total de 180 478, 50 toneladas de resíduos recicláveis. Este programa é dinamizado no âmbito das escolas/instituições levando a um grande envolvimento por parte das crianças e jovens do concelho e, consequentemente, das suas famílias.

Município assinala dia mundial do ambiente
Obras e Urbanismo

Requalificação do Centro Coordenador de Transportes

01 junho, 2020

A partir do dia 2 de junho, o Centro Coordenador de Transportes da Lourinhã será objeto de uma requalificação com data prevista de duração de 90 dias.

Este edifício, construído no início da década de 90, é o pólo central das deslocações de autocarros no Concelho da Lourinhã, pelo que o município considera este projeto fundamental para a melhoria da qualidade de vida dos residentes.

No interior, os trabalhos consistirão na reparação de fissuras e pinturas de paredes e tetos, na substituição de rodapés, pintura de portas e envernizamento de carpintarias, na colocação de sistemas de eletricidade novos e seus componentes, na restruturação do quadro elétrico e na restruturação e substituição do Sistema de Segurança contra Risco de Incêndio.

Já no exterior, far-se-á a conservação da fachada, através da limpeza e tratamento de fissuras e posterior pintura das mesmas, a reparação da estrutura metálica, a substituição de elementos metálicos por elementos galvanizados, a substituição da cobertura dos edifícios e telheiro e aplicação de chapas caneladas e galvanizadas.

O valor da empreitada é de 147.400,00€.

O Centro continuará acessível a todos os utentes,podendo haver constrangimentos na tomada e na largada de passageiros.

Requalificação do Centro Coordenador de Transportes